PEIXE, poesia para crianças de Maria da Graça Almeida

8 09 2008

 

 

 

 

 Peixe

O peixinho prateado
no aquário sempre vejo!
Bem me fita, o assanhado,
só querendo me dar beijos.

Sua boca um “oi” miúdo
vai dizendo e isso é bom,
só o peixe, neste mundo,
fala “oi”, sem soltar som.

 

Maria da Graça Almeida

Maria da Graça Almeida – Pindorama, SP.  Escritora, poetisa, professora, pedagoga e formada em Educação Artística.

 

Obras: –

Espelho

Poesias Sem Mistério

A Graça que o bicho Tem

Que traça sem graça

Mitos do folclore

A Menina da janela

O Cuco Maluco

O besouro

 


Ações

Information

9 responses

4 10 2010
luciellen

adorei este poema

21 11 2010
Pegagoga Livind Hannys

Voçês podiam colocar muito mais exemplos sobre quaisquer parte da literatura poetica, pois a tal não é sitada com compreensão e outra coisa, como o assunto é reservado a crianças vale mais adversidade se vocês não conseguirem fontes como livros meu e-mail está aberto posso mandar exemplos para vocês.

PEDAGOGA
Livind Hannys

21 11 2010
peregrinacultural

Muito obrigada pela sua iniciativa de me auxiliar na escolha. Aqui só há uma pessoa fazendo as seleções. Não há vocês. Só uma pessoa. Aprecio contribuições, mas me dou o direito de escolher o que quero postar. Não sou pedagoga, não sou professora de nenhum nivel, exceto os niveis técnico e universitário. Sou simplesmente alguém que gosta de texto e de ampliar o conhecimento de outros com textos variados e muitos texto antigos. Aprecio sempre um auxílio mas me reservarei o direito de escolha. Entre elas está a necessidade de apresentar texto com grafia correta e inteligíveis a todos. Muito obrigada! Ladyce

22 03 2011
Pri

Credo! Pedagoga que escreve citada com s e sem nada de concordancia e nexo, afe! Que meda!

29 05 2012
andressa

nada a ver. eu ia copiar para um trbalho da escola mas pensei bem e nananinao
rsrsr

25 09 2013
carla

Do que trata este poema peixe?

26 09 2013
peregrinacultural

O que você acha? Você já viu um peixinho num aquário? Já notou como ele faz uma boquinha redondinha? Leia de novo a poesia e imagine o que o poema diz…

21 08 2014
aline

eu adorei e vou copiá-lo para um trabalho de literatura de cordel

21 08 2014
peregrinacultural

Boa ideia, Aline! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.427 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: