O maior achado arqueológico em ouro descoberto na Inglaterra!

25 09 2009

ouro 1

 

Um homem usando um detector de metais descobriu o maior tesouro em ouro já encontrado na Inglaterra.  Este extraordinário achado responder muitas questões sobre o  século VII, período da maioria das peças.   No momento acredita-se que a maioria das peças encontradas datem de 675 a 725 DC e que foram encontradas no que na época seria o Reino de Mercia.

 

ouro 9helmet_1487995i

 

 

O tesouro de 1345 peças contém 5 kg de ouro  [650 peças] e 2,5 kg de prata [530 peças], que é três vezes  mais do que foi  encontrado em Sutton Hoo, uma das escavações arqueológicas inglesas de maior importância.  “ É uma coleção de material de valor sem precedentes”, disse o arqueólogo Kevin Leahy, que trabalha com um grupo voluntário, [PAS – Public Antiquities Scheme]  que cataloga tesouros encontrados pela população.

 

ouro4 fish-eagle

 

 

Especialistas ainda não conseguiram avaliar o tesouro por causa de seu tamanho e de  sua importância.  Eles esperam poder fazer um primeiro balanço de seu valor em aproximadamente um ano.

 

ouro 2

 

 

Terry Herbert, que usava um detector de metais que comprara de segunda mão há mais de uma década, encontrou o tesouro enquanto se dedicava ao passatempo de detectar metais em Staffordshire.   Terry encontrou 500 itens antes de chamar os especialistas, que então encontraram mais 800 objetos na terra.  Por razões de segurança o local exato da descoberta está sendo mantido em segredo.  Sabe-se só que é próximo a Burntwood, ao sul de Staffordshire, na parte central norte da Inglaterra.  

 

ouro 12 hilt-fitting_1488001i

 

 

O tesouro estava praticamente na superfície do terreno, junto à grama, tendo subido, provavelmente, depois da terra ter sido arada.   A maioria das peças parece ser do século VII.  O que não se sabe é quando e por que esses objetos foram enterrados.  

 

ouro 7

 

 

Quase todas as peças estão relacionadas a objetos bélicos.  Há uns poucos itens de indumentária, mas nada feminino.  Há duas fivelas de ouro provavelmente usadas nas armaduras.  Alguns punhos de espadas e pedaços de capacetes estão entre as peças encontradas de maior interesse.   “A quantidade de ouro é excepcional, mas ainda mais importante, é a qualidade das peças.”, disse Kevin Leahy.  “Tudo da melhor artesania que os anglo-saxões conhecidos por sua habilidade de trabalhar em metal produziam na época.  E eram muito bons.  Pequenas  granadas foram lapidadas e colocadas em grandes grupos que davam um efeito de riqueza, com muito brilho.   Todos os itens pertenceram à elite – aristocracia, realeza, mas não sabemos quem seus donos eram e porque essas peças foram enterradas. Parece uma coleção de troféus, mas é impossível saber se essas peças são o resultado de uma única pilhagem de guerra ou se o resultado de uma carreira militar de grande sucesso”.   Só o estudo e a pesquisa desses materiais poderão dizer.  Qualquer que seja a data, o fato é que esses artefatos vieram de uma época de grandes guerras.  A Inglaterra estava bastante divida por motivos religiosos quando reinos com lealdades tribais lutavam entre si perpetuamente.  O Cristianismo era a principal religião, tendo ganho terreno sobre as formas pagãs de crenças religiosas.  

 

ouro 8 gold strip with Biblical inscription, art_staffordshire_hoard

 

 

Uma tira de ouro com inscrições bíblicas em latim vulgar está entre as peças mais controversas: o formato das letras é o ponto de desacordo entre os especialistas: um as identifica como dos séculos VII e VIII enquanto que outro especialista as data do século VIII ao IX.  O texto bíblico que apresenta alguns erros é baseado numa citação do Livro de Números ou Salmo 67: “Surge domine et dissipentur inimici tui et fugiant qui oderunt te a facie tua,” ou Levanta-se Senhor e os seus inimigos dispersam-se, fogem diante dele os que o odeiam.

 

ouro 3

 

 

Mas todos concordam com a excelência do trabalho de filigrana encontrado em algumas peças, assim como na qualidade de desenhos ornamentais típicos dos anglo-saxões, como estranhos animais entrelaçados.  

ouro 5 folded-cross

 

 

Pelo menos duas cruzes estão entre os itens encontrados.  A maior está intacta, ainda que tenha sido dobrada, provavelmente para fazê-la caber num pequeno compartimento, antes de ser enterrada.  A dobradura pode significar que ela foi enterrada por pagãos que não respeitavam os símbolos cristãos, ou também pode ter sido dobrada por cristãos que poderiam tê-la tirada do altar de alguma outra pessoa.   O que se acredita, no entanto, dados o tamanho e a artesania singular, que este tesouro será importante o bastante para re-escrever a historia dos anglo-saxões no país.   

 

ouro 13 spear_1488002i

 

 

As escavações no local já acabaram e todos os itens encontrados estão em posse do Museu e Galeria de Arte de Birmingham.  Os objetos mais importantes serão exibidos até o dia 13 de outubro quando irão para o Museu Britânico para avaliação.

 

ouro 10 hilt-fitting1_1487987i

 

Depois de avaliados o tesouro será vendido, pelo valor de mercado e o valor arrecadado será dividido igualmente entre Terry Herbert e o dono o terreno em que o tesouro foi achado.  Eles concordaram em dividir os ganhos.

 

FONTES:  CNN

DAILY TELEGRAPH


Ações

Information

22 responses

27 09 2009
Claudio oliveira

Ola,gostaria de saber se os 5kg de ouro e os 2.5 de prata, e de uma unica peça ou e o total do tesouro encontrado,obrigado …a reportagem puplicada por voces e nota 100….saber do passado da humanidade e sempre importante para todos ,desejo a voces novas descobertas …….

27 09 2009
peregrinacultural

Cláudio, muito oberigada pela leitura atenta e pelas palavras de incentivo. Os pesos incluem todas as peças. Não é uma peça de 5 kg, etc. Vale dizer que é o maior achado em ouro NA INGLATERRA! Obrigada e um grande abraço, Ladyce

10 10 2009
Carmo

Só posso dizer que penso que ainda há muito a ser descoberto sobre nosso passado; acredito que tem muita história por vir.
Parabéns pela postagem e pelo blog!
Abraço,
Carmo

10 10 2009
peregrinacultural

Obrigada, Carmo.

27 10 2009
Marcos

Adorei essa reportagem, pois gosto de tudo que tem ver com arqueologia, descobertas do passado, se acaso tiver qq outra dscoberta com imagens por fav or me contate. S tiver mais alguma coisa sobre essa reportagem por favor gostaria de ver e saber. Desde já agradeço e lhe dou meus parabéns adorei.
Marcos.

27 10 2009
peregrinacultural

Que bom, Marcos. Estou sempre colocando, quando vejo alguma coisa assim, reportagens de arqueologia e história. Principalmente aquelas que vejo em revistas no exterior e que custam a chegar aqui. Volte sempre. Obrigada pela visita e pelas ótimas palavras de incentivo. Um abraço, Ladyce

11 02 2010
aldeilson A. S .

ola , vi as peças em ouro achei lindas….. porem o que deve ter acontecido com elas ou seja pra elas serem encontradas do jeito que foi tipo assim ( amassadas ou faltando pedaços ) como o caso do ( elmo ) so pode ter sido um ataque a algum lugar religioso que tambem conhecia as tecnicas de gravuras egipcias como ex. os animais entrelaçados com as maos sentido contrario da outra isso se ve em pinturas de cleoprata figuras de cobras tambem vem do egito antigo houve ai com essas peças em ouro uma partilha de mesmo peso ou seja partes iguais cujo a finalidade que buscavao ai era o valor do metal o elmo por exemplo deve ter cido quebrado aproposito a tira de ouro tem um furo nela sinal de um cravo que sustentava outra peça na parte de traz dela pra nao cobrir as letras em latim ….concerteza ha outra quantidade igual a essa de ouro ou peças parecidas proximo nao muito longe da que foi encontrada as atuais um grande roubo talvez que implicou na divisao de partes iguais na epoca do acontecido . ha tambem outras peças um pouco amassadas que talvez tentativa de quebra um padaço para divisao como a espensura era maior entao tentavao em outra peça como o elmo de ex. ou a tira de ouro onde a local faltando algo deve tercido tirado a força ou arrancado pra igualar a tal divisao . pode tercido 2/3/4/ ou 5 partes iguais como essa na epoca sei la ….

18 02 2010
carlos roberto

O Governo Inglês decretou que todo tesouro encontrado teria seu valor devolvido a quem o achou. Uma forma excelente de manter tesouros como estes a salvo. Pois o valor histórico é muito importante e inestimavel.

14 08 2010
manéco

É como os grandes filósofos sempre falaram, que entre o céu e a terra, existem muitas coisas.

14 08 2010
peregrinacultural

Isso mesmo! E é fascinante descobri-las, não é mesmo? Obrigada pela visita, Ladyce

2 04 2011
Alsinei souza barreira

Sou pesquisador, grande parte da nossa história está se perdendo, a lei na Inglaterra favorece a comunicação de um achado, os governantes são transparentes, pagam o valor exato e total para que achar, no Brasil só o Tiririca tem valor e custa caro para o país

9 04 2011
peregrinacultural

Pois é, Albinei, tudo que faz parte da nossa cultura e da nossa saúde anda de braços dados com a indigência. A ignorância tem mais valor para os eleitos do que o conhecimento, porque assim podem se reeleger indefinidadmente. Há dias, horas, meses, em que entro em parafuso depressivo quando penso muito nessa situação. Você tem toda razão de reclamar. Um abraço, volte sempre, Ladyce

1 02 2012
ivo oliveira

muito bem feita a materia parabens …de muito bom gosto,quantos tesouros nao tao por ai enterrados.

1 02 2012
peregrinacultural

Obrigada, Ivo, gostei de saber que você gostou. Achei a matéria bem interessantes! Um grande abraço, Ladyce

6 02 2012
fauzi

gostei muito da materia,pena que no brasil a arqueologia nao seja tao valorizada

6 02 2012
peregrinacultural

Mas sabe, acho que aos pouquinhos isso está mudando. É claro que vai levar algum tempinho, mas cabe a gente valorizar esse trabalho nõa é mesmo? Obrigada pela visita e volte sempre.

20 02 2012
Gelso

Sou simplesmente fissurado por achados, tesouros, (épicos) tanto é que comprei um detector de metais. Parabéns a todos os comentários, pois enriquecem o conhecimentos. Aldeilson, tenho que concordar contigo, acredito que foi isso mesmo. Um abraço a todos.
Gelso F.
Quem sabe eu não acho alguma coisinha com meu detector.
RS

20 02 2012
JOSIMAR HIGINO PEREIRA

eu sou fascinado por antiguidades, pois gostaria muito de saber se ainda existem tesouros perdidos por ai.

29 08 2012
jose carlos

será que no Brasil,deve ter coisas interessantes ainda pra se descobrir.

2 06 2013
Rosenilda Bandeira de Melo

Mudando de assunto… PINTEI uma tela abstrata impulsionada por este arqueológico..mas NEM SABIA NUNCA OUVÍ FALAR E TAMBÉM NUNCA NEM ME INTERESSEI POR ARQUEOLOGIA.. IMPRESSIONANTE!!! ENQUANTO PINTAVA ERA COMO SE ESTIVESSE DESENTERRANDO UM TESOURO EM OURO “EXATAMENTE ISSO” E VEIO TUDO EM MEU CORAÇÃO MINHA MENTE QUE ME FIZERAM PROCURAR NO GOOGLE SÓ JOGUEI A PALAVRA ARQUEÓLOGICO E LOGO DE CARA VÍ UMA PEÇA EM OURO NO MESMO FORMATO DA TELA..

SE QUISEREM CONFIRMAR ESTÁ EM MEU BLOG http://www.abstratoslife.blogspot.com/ mais detalhado no facebook
rosenilda.bandeirademelo.3@facebook.com

26 08 2013
Analice Ferreira de Sousa

Ola tenho um objeto que gostaria muito de saber sua origem, é uma colher de 13cm toda trabalha na cor dourada, dizem que é ouro, mais eu ainda ñ tenho certeza, na ponta tem a imagem de cristo na cruz e na outra ponta tem o nome holy land gravado em baixo relevo. Eu particulamente acho muito linda, da pra notar que é um objeto antigo, posso mandar uma foto se alguém tiver interesse. Aguardo resposta
Grata, Ana

26 08 2013
peregrinacultural

Parece mesmo um objeto muito bonito. Talvez uma lembrança de quem tenha ido a Jerusalem. Não tenho a menor ideia de como colocar valor, mas espero que você consiga um avaliador. Um grande abraço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.382 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: