Fábula: A rã e o boi, texto de Monteiro Lobato

2 06 2012

-

-

A rã e o boi, ilustração de Bernard Salomon, 1547

-

-

A rã e o boi

-

Monteiro Lobato

-

-

Tomavam sol à beira dum brejo uma rã e uma saracura.  Nisto chegou um boi, que vinha para o bebedouro.

– Quer ver — disse a rã — como fico do tamanho deste animal?

– Impossível, rãzinha. Cada qual como Deus o fez.

– Pois olha lá! — retorquiu a rã estufando-se toda. Não estou “quase” igual a ele?

– Capaz!  Falta muito amiga.

A rã estufou-se mais um bocado.

– E agora?

– Longe ainda!…

A rã faz novo esforço.

– E agora?

– Que esperança!…

A rã, concentrando todas as forças, engoliu mais ar e foi-se estufando, estufando, até que PLAF! Rebentou como um balãozinho de elástico.

O boi que tinha acabado de beber lançou um olhar de filósofo sobre a rã moribunda e disse:

Quem nasce para dez réis não chega a vintém.

-

Em: Fábulas, Monteiro Lobato, São Paulo, Ed. Brasiliense:1966, 20ª edição.

-

-

José Bento Monteiro Lobato, (Taubaté, SP, 1882 – 1948).  Escritor, contista; dedicou-se à literatura infantil. Foi um dos fundadores da Companhia Editora Nacional. Chamava-se José Renato Monteiro Lobato e alterou o nome posteriormente para José Bento.

Obras:

A Barca de Gleyre, 1944

A Caçada da Onça, 1924

A ceia dos acusados, 1936

A Chave do Tamanho, 1942

A Correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto, 1955

A Epopéia Americana, 1940

A Menina do Narizinho Arrebitado, 1924

Alice no País do Espelho, 1933

América, 1932

Aritmética da Emília, 1935

As caçadas de Pedrinho, 1933

Aventuras de Hans Staden, 1927

Caçada da Onça, 1925

Cidades Mortas, 1919

Contos Leves, 1935

Contos Pesados, 1940

Conversa entre Amigos, 1986

D. Quixote das crianças, 1936

Emília no País da Gramática, 1934

Escândalo do Petróleo, 1936

Fábulas, 1922

Fábulas de Narizinho, 1923

Ferro, 1931

Filosofia da vida, 1937

Formação da mentalidade, 1940

Geografia de Dona Benta, 1935

História da civilização, 1946

História da filosofia, 1935

História da literatura mundial, 1941

História das Invenções, 1935

História do Mundo para crianças, 1933

Histórias de Tia Nastácia, 1937

How Henry Ford is Regarded in Brazil, 1926

Idéias de Jeca Tatu, 1919

Jeca-Tatuzinho, 1925

Lucia, ou a Menina de Narizinho Arrebitado, 1921

Memórias de Emília, 1936

Mister Slang e o Brasil, 1927

Mundo da Lua, 1923

Na Antevéspera, 1933

Narizinho Arrebitado, 1923

Negrinha, 1920

Novas Reinações de Narizinho, 1933

O Choque das Raças ou O Presidente Negro, 1926

O Garimpeiro do Rio das Garças, 1930

O livro da jangal, 1941

O Macaco que Se Fez Homem, 1923

O Marquês de Rabicó, 1922

O Minotauro, 1939

O pequeno César, 1935

O Picapau Amarelo, 1939

O pó de pirlimpimpim, 1931

O Poço do Visconde, 1937

O presidente negro, 1926

O Saci, 1918

Onda Verde, 1923

Os Doze Trabalhos de Hércules,  1944

Os grandes pensadores, 1939

Os Negros, 1924

Prefácios e Entrevistas, 1946

Problema Vital, 1918

Reforma da Natureza, 1941

Reinações de Narizinho, 1931

Serões de Dona Benta,  1937

Urupês, 1918

Viagem ao Céu, 1932

———————————-

Esta fábula de Monteiro Lobato é uma das centenas de variações feitas através dos séculos da fábulas de Esopo, escritor grego, que viveu no século VI AC.  Suas fábulas foram reunidas e atribuídas a ele, por Demétrius em 325 AC.  Desde então tornaram-se clássicos da cultura ocidental e muitos escritores como Monteiro Lobato, re-escreveram e ficaram famosos por recriarem estas histórias, o que mostra a universalidade dos textos, das emoções descritas e da moral neles exemplificada.  Entre os mais famosos escritores que recriaram as Fábulas de Esopo estão Fedro e La Fontaine.

——————————

Bernard Salomon — Foi um pintor, desenhista e gravador francês.  Nasceu  por volta de 1508 em Lyon e faleceu próximo a 1561. Foi um grande ilustrador, seus trabalho ulusttrando  Fábulas de Esopo, em 1551; Histórias ilustradas da Bíblia, em 1553, 1555;  Ilustrações do Novo Testamento, em 1556;  Metamorfose de Ovídio, em 1557, tornaram-se padrões para ilustrações posteriores não só na França mas em toda a Europa.


Ações

Information

27 responses

31 08 2012
lucasfelix@hotmail.com

ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

20 03 2013
ozanio ferreira costa

muito legal..kkkkkkkk

20 03 2013
peregrinacultural

Gostou? Eu também! Temos bom gosto! ;)

4 08 2014
viviana

só q não…aff

21 03 2013
livian

kkkkkkkkkk :?

21 03 2013
peregrinacultural

:) Então gostou?

24 05 2013
JENNIFERARAGAO

ADOREI É A MELHOR FÁBULA QUE JÁ EXISTIU !!!!!!!!!!!!!!

4 08 2014
giovana

aff

17 04 2013
lanna lima

e´ isso que é fabula eu gostei muito o monteiro lobato e muito famoso

18 04 2013
manoela hoisler robaina

muito bom textos de monteiro lobato

18 04 2013
peregrinacultural

Também acho, Manoela! ;)

20 04 2013
Maisa Kaylane

A rã exagerou,queria até demais!

20 04 2013
peregrinacultural

Isso mesmo! ;)

13 05 2013
jennifer

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito legal

14 05 2013
peregrinacultural

Que bom que você gostou! ;)

27 05 2013
Alana Mesquita

Gostei!! A Rã queria demais,a gente tem q respeitar o jeito que Deus nos fez e não podemos mudar!!

27 05 2013
peregrinacultural

Muito bem! ;)

6 08 2013
tata

Se você é assim não tente mudar, Deus te fez assim e vc é bonito ou bonita assim

6 08 2013
peregrinacultural

isso mesmo!

28 10 2013
Guilherme Couto gomes

GOSTEI DO TEXTO DÁ PARA FAZER MAIS IGUAL ESTE?

28 10 2013
peregrinacultural

Vou tentar, Guilherme. Obrigada pela visita, ;)

6 11 2013
Maria Eduarda

Adorei a história, a minha professora Gabriela Braga, passou essa história para nós, não teria jeito de vc fazer a moral da história mais simples, pq igual eu só tenho 8 anos, lendo a história, eu entendo o que a história traz pra nós aprendermos, já se eu fosse ler só a moral eu não entenderia. E também pq a minha professora falou pros alunos inventarem a moral, só que eu não estou conseguindo de jeito nenhum. (e ela deixou eu pesquisar na internet, e eu estou escolhendo esse site pq ouvi falar que é um muitoo bom!!!
Respondam-me o mais rápido possível pf pf pf pf pf!!!
:*

6 11 2013
peregrinacultural

Olá Maria Eduarda, que bom que você gostou da história! Olhe só, não posso mudar a moral da história porque é assim que o autor — quem escreveu — queria que ela fosse lida. Mas posso fazer algumas perguntas que vão ajudar você a pensar numa boa moral para essa história.

Por que a rã decide se inflar toda? O que ela queria provar? Que sentimento ela tinha para se comparar com o boi?

Outra coisa: réis era uma antiga moeda do Brasil. Valia pouco, assim como um centavo. Vintém era uma moeda da mesma época que valia mais, bem mais. assim como uma moeda de 25 centavos de hoje. Então o que a moral diz?

boa sorte, quero saber que moral você encontrou para essa fábula. ;)

4 08 2014
viviana

bobo mas servepara trabalho de escola…

4 08 2014
liliani

da uma resposta quem gostou…sim-1 não-2

6 10 2014
gabriel

bem legal

6 10 2014
peregrinacultural

Que bom que gostou! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.442 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: