São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro

20 01 2019

 

 

 

portinari, igreja-bom-jesus-da-cana, batatais, spSão Sebastião,  1954

Cândido Portinari (Brasil, 1903 — 1962)

Igreja do Bom Jesus da Cana Verde

Batatais, São Paulo





Domingo, um passeio no campo!

20 01 2019

 

 

 

arcangelo-ianelli-arredores-de-santo-amaro, 1940, -oleo-sobre-madeira-32 x 45 cmArredores de Santo Amaro, 1940

Arcângelo Ianelli (Brasil, 1922 – 2009)

óleo sobre madeira, 32 x 45 cm





Eu, pintor: Inimá de Paula

19 01 2019

 

 

 

 

inimÁ de paula,autorretrato,óleo stela, dat. 1989,91,5 x 73 cmAutorretrato,1989

Inimá de Paula (Brasil, 1918 — 1999)

óleo sobre tela, 91 x 73 cm





Flores para um sábado perfeito!

19 01 2019

 

 

 

yvonne visconti cavalleiro, flores,osm, (1940),35 x 27 cmFlores, 1940

Yvonne Visconti Cavalleiro (França/Brasil, 1901 – 1965)

óleo sobre tela,  35 x 27 cm





Minutos de sabedoria: Marcel Proust

19 01 2019

 

 

 

de piedoÜe caroline, homme au journal et au chapeau 40x40 acrilicaHomem com jornal e chapéu

Caroline de Piedoüe (França, 1954)

acrílica sobre tela, 40 X 40 cm

 

 

“O que censuro aos jornais é fazer-nos prestar atenção todos os dias a coisas insignificantes, ao passo que lemos três ou quatro vezes na vida os livros em que há coisas essenciais.”

 

Marcel Proust

 

 

800px-marcel_proust_1895Marcel Proust (1871-1922)

 





Rio de Janeiro à beira da Guanabara

18 01 2019

 

 

renato meziat (1952),dois barquinhos na lagoa,2013,ost,50 x 140 cmDois barquinhos na Lagoa, 2013

Renato Meziat (Brasil, 1952)

óleo sobre tela, 50 x 140 cm





O verde do meu bairro: Buganvílea

17 01 2019

 

 

 

bouganvillea em ipanema assinadaBuganvílea vermelha, rua Visconde de Pirajá, Rio de Janeiro.

 

Nos bairros em que as casas prevalecem, em geral as buganvíleas são vistas em abundância por sobre os muros, como grandes arbustos derramando benesses floríferas nas calçadas e ruas que habitam.  No entanto, uma boa parte da zona sul do Rio de Janeiro tem buganvíleas como árvore urbana trazendo beleza tropical para as calçadas cariocas.

Buganvílea, natural do Brasil, pode ter diversos nomes: Três-marias, Ceboleiro-da-mata, Riso-do-prado, Primavera.  Seu nome científico é Bougainvillea glabra Choisy e pertence à família das Nyctaginaceae.  Em geral floresce entre novembro e fevereiro, o que a torna perfeita para uma cidade turística à beira-mar, um balneário como o Rio de Janeiro.

Há outra postagem sobre buganvíleas neste blog, com maiores informações.

 








%d blogueiros gostam disto: