Brasil e África no horizonte de Hilton Marques

26 06 2008

Comprei este livro sem saber coisa alguma a respeito do autor. Não sei o que me interessou, o que me fez pegá-lo e ler a capa de trás para ter uma idéia do que se tratava.  Curiosa, comprei este pequeno volume e tomei a decisão certa,  porque agora posso me gabar de ter descoberto um novo escritor brasileiro, capaz de escrever uma boa história, em boa prosa, num ritmo rápido,  sobre um local misterioso e um novo tipo de heroína.

 

A senhora das savanas se passa no continente africano, num país imaginário fronteiriço à Angola e ao Zaire.  Seguimos a carreira de uma médica brasileira, que depois de se formar pela Universidade de São Paulo, entra para a organização mundial Médicos sem Fronteiras e vai trabalhar na África.  Passado algum tempo, ela decide ficar na África.  Quando a história do livro começa ela está dirigindo um pequeno hospital,  financiado por uma companhia de extração de minério, no que se poderia chamar de interior, de fim do mundo.

 

A história se desenvolve durante a guerra civil em Angola, depois de sua independência de Portugal.  Dois grupos lutam pelo poder: UNITA e MPLA.  Há mercenários estrangeiros em todo canto e eles lutam por cada lado.  Entre eles está um irlandês que havia passado muitos anos lutando pelo movimento IRA, que havia se desgostado e abandonado o movimento separatista irlandês, e como lutar era o que sabia fazer, acabou lutando na África.   Enquanto lutava pela UNITA e comandava um pelotão, sofreu um ataque surpresa fora do território de Angola, apesar de ser um excelente atirador e líder militar.  Eles haviam parado  para um descanso e todos os membros do pelotão tombaram.  Ele também havia sido dado por morto.  Mas foi descoberto, por casualidade, próximo da morte.  Nossa médica brasileira o salva sem saber quem ele é.

 

Ele permanece no hospital para sua recuperação e fica por lá por algum tempo. No processo une-se à nossa médica numa luta contra os novos donos da companhia mineradora, que pretendiam fechar o hospital.

 

Este é o tipo de romance que existe às centenas em outras culturas.  A Inglaterra, os Estados Unidos, a França são só três dos países que tem esta tradição rara no Brasil: um herói, neste caso uma heroína, viaja, vai embora, e faz uma diferença tremenda na vida local de um lugar longe de sua terra nativa.  Ela também é capaz de contribuir para o melhoramento de relações internacionais.

 

Este livro poderia servir de base para um roteiro de A Senhora das Savanas, Hilton Marquesfilme americano.  Melhor ainda, poderia se transformar numa mini-série da BBC, se a nossa heroína fosse inglesa.  A grande diferença é que este é um livro brasileiro.  Este é um detalhe de grande importância para mim.  Ela é mulher, brasileira e responsável por salvar muitas vidas.  Como eu gostaria de ter tido algumas dezenas de livros como este para ler quando estava me tornando adulta!   Na minha época, na minha geração, só heroínas de outras terras tinham suas vidas contadas ou filmadas.  Nós brasileiros sempre conhecemos melhor os heróis de outros lugares.  Havia muito poucos heróis, homens ou mulheres, que pudessem inspirar qualquer um de nós, adolescentes.

 

Este livro, então, tem tudo para que eu goste dele.  É um livro de aventura.  É um ótimo entretenimento, com uma narrativa forte,  num ritmo rápido.  É gostoso de ler.  É leve.   Não está preocupado em considerar as últimas novidades literárias, as últimas tendências pós-modernas, de-construtivistas, ou a última moda intelectual.  Este é um livro para a família toda ler, pessoas de todas as gerações.  Seria uma ótima fonte para um roteiro de filme.  Ele nos deixa com uma boa visão do que a vida na África naquele período poderia ser e como os grupos lutando pelo poder se envolvem na vida diária da população.  Abre os olhos.  Expande horizontes.  Ajuda a nos definir como as pessoas competentes, profissionais que somos. 

 

Gostei muito e recomendo.  Se você estiver procurando por aquele entretenimento, por aquele livro para levar num fim de semana na serra ou na praia, leve-o.  Você vai gostar!

 


Ações

Information

20 responses

3 02 2010
Déborah

Eu gostei mto do livro é uma história realmente fascinante de batalhas e romance!!!

31 03 2010
sara rodrigues

o livro e maravilhoso eu adorei ele prende vc do comeco ao fim

3 10 2014
eider

verdade

4 10 2014
peregrinacultural

Que bom que você gostou também!

24 04 2010
Jaquee

Estou nas ultimas 60 páginas e queria saber o final logo. ><

30 05 2010
erica

Este livro ocupa o topo da minha lista melhores livros já lidos até hoje!
Será quase que impossivel, penso, encontrar uma outra leitura tão agradavel e envolvente como a Senhora das savanas!
Parabéms Hilton Marques!!!

30 05 2010
Letícia Alves

Nem preciso dizer o quanto gostei e você me presenteou com um exemplar, acho que está quase na hora de reler.
Beijos,
Letícia

30 11 2010
eduardo guto

É a segunda vez que leio o livro A Senhora das Savanas; realmete é FANTÁSTICO!!!

30 11 2010
peregrinacultural

Eduardo, também achei e já o emprestei a muitos amigos que também acharam uma ótima leitura. É tão bom quando a gente lê um texto apaixonante como esse, não é mesmo? Um grande abraço, Ladyce

10 04 2013
cynthia eduarda

faltam pra mim varios capitulos ainda,mas eu estou adorando o livro e nao e a toa que esta escrito na capa que prende o leitor do inicio ao fim porque eu nao consigo parar de ler ele

10 04 2013
peregrinacultural

Cynthia eu tive a mesma reação. Devorei o livro do início ao fim. Que bom que você está gostando. Quando acabar volte aqui e me diga o que achou. Obrigada pelo comentário. 😉

25 01 2014
Juliane

Estou lendo o livro, adorando, porém um sério problema…
Um problema de montagem no meu exemplar. Quando chega na pg 208 a sequência das pgs se repete novamente a partir da 195 até a 208 novamente e então pula para a pg 225. O que significa que preciso saber o q acontece da pg 209 a 224, alguém pode me ajudar? Preciso saber urgente, estou frustrada…
Grata

25 01 2014
peregrinacultural

Ísso é erro da editora… O meu exemplar não teve esse defeito. Infelizmente o meu exemplar está emprestado. Boa sorte. Realmente um ótimo livro.

28 05 2014
Celeste ilva

Muito bom.

28 05 2014
peregrinacultural

Que bom, gostou do livro?

18 01 2015
Arlete Aparecida Betini

Por sugestão de uma aluna (!!!!), retirei o livro da Biblioteca da escola estadual onde leciono e o li no começo das férias. Gostei muito. Personagens bem constituídos e verossímeis, enredo vibrante e um final que foge dos clichês, além de fazer o leitor viver um pouco de África. Recomendo, com certeza.

18 03 2015
Clarice de Aragão Santos

Li esse livro no 2ano do ensino médio e me apaixonei, ja procurei nas livrarias para comprar, mas nunca acho. Tenho q ter esse livro.

20 03 2015
peregrinacultural

Gostei muito também. Você já tentou a ESTANTE VIRTUAL? Boa sorte!

1 03 2017
marynha

Se quiser um final alternativo te passo. Só acha em sebos. Em bibliotecas escolares também.

1 03 2017
marynha

Excelente, realmente daria um filme ótimo.
Amei o livro a ponto de criar outro final para meu próprio prazer rsrss.
POrque ele é bom demais para não ser justo no final.
Quem quiser um final alternativo me escreve.
marynhadantas@yahoo.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: