Luta ao sul, na fronteira com o Paraná, Revolução de 1932

17 07 2008

 

Laire Jorge Giraud.

                Soldados Paulistas embarcam na Estação da Luz em São Paulo.

 

Sábado, 17 de julho de 1932

 

 

Chegam notícia de grandes combates em Ribeira e Itararé.  As tropas paulistas mantêm porem, as suas posições.  Chovem boatos sobre a cidade.

 

 

Transcrição do Diário de Gessner Pompílio Pompêo de Barros (MT 1896 – RJ 1960), Itapetininga, SP,  página 128, em referência à Revolução Constitucionalista de 1932.

 

 

NOTA Peregrina:

 

Meu avô se refere à Ribeira, significando Capela da Ribeira, localizada ao sul do Estado de São Paulo, onde o 2° Grupo de Artilharia de Dorso lutou.


Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: