Metralharam o avião da ditadura. Revolução de 1932

4 10 2008

 

Ataque à fortaleza.  1932Ataque à fortaleza. 1932

 

29 de setembro de 1932

 

 

Nos dias anteriores houve relativa calma.  Alguns boatos somente.  Fala-se que esteve iminente a ocupação de Campinas pelas tropas federais e que as trincheiras que guarneciam aquela cidade eram nos arrabaldes, tanto que as tropas iam de bonde para o front!  Hoje corre com insistência o boato da ocupação pelas forças federais da cidade de Ribeirão Preto o que causou certo abatimento entre a população paulista.  Fala-se que o combate do setor na frente de Campinas é decisivo.  Voou sobre esta cidade um avião da ditadura.  Metralharam-no e fugiu sem ter bombardeado.

 

 

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

 

Transcrição do Diário de Gessner Pompílio Pompêo de Barros (MT 1896 – RJ 1960), Itapetininga, SP, página 148 em referência à Revolução Constitucionalista de 1932.

 

Tunel da Mantiqueira, 1932.





Imagem de leitura — Aurélio d’Allincourt

4 10 2008
Pausa na leitura, 1964, Aurélio d'Allincourt, (Brasil 1919-1990), ost

Pausa na leitura, 1964, Aurélio d'Alincourt (Brasil 1919-1990), OST

 

Aurélio D’Alincourt (Rio de Janeiro RJ 1919 – idem 1990). Pintor, desenhista, ilustrador e professor. Começa a pintar em 1942, sob a orientação de Oswaldo Teixeira e Carlos Chambelland. Em 1952, viaja para Paris, França, onde cursa a Académie de la Grande Chaumière. De volta ao Rio de Janeiro, atua como membro da Academia Brasileira de Belas Artes, em 1956 e faz ilustrações para a revista O Cruzeiro, entre 1957 e 1960. Além disso, passa a lecionar pintura no Instituto de Belas Artes.

 

Fonte: Itaú Cultural

 








%d blogueiros gostam disto: