Machado de Assis vence e Moacyr Scliar surpreende

29 05 2009

machado-bernadelli_1905

Retrato de Machado de Assis, 1905

Henrique Bernardelli ( Brasil, 1858 – 1936)

Óleo sobre tela

Academia Brasileira de Letras, RJ

 

O Jornal do Comércio  publicou hoje um interessante artigo do jornalista Antonio Gonçalves Filho sobre os escritores brasileiros mais citados  por 55 tradutores, professores e bibliotecários  de 19 diferentes países.  E para surpresa dos organizadores do projeto, “Conexões Itaú Cultural – Mapeamento Internacional da Literatura Brasileira”, que encomendou a pesquisa, contrário à expectativa de que Paulo Coelho seria o escritor contemporâneo mais citado, foi o gaúcho Moacyr Scliar, quem surpreendeu. 

 

Como o artigo demonstra, esta não é só uma lista dos dez mais. Ela incorpora todos os autores citados mais de uma vez pelos tradutores e professores de português em universidades estrangeiras, trazendo nomes recém traduzidos para o inglês, caso do escritor e redator-chefe da revista “Veja”, Mário Sabino, autor de “O Dia em Que Matei Meu Pai”, que recebeu uma entusiasmada crítica na Austrália.

 

Os dez escritores mais citados pelos especialistas estrangeiros consultados na pesquisa realizada pelo Itaú Cultural são os seguintes:

 

1-      Machado de Assis

2-      Clarice Lispector

3-      Guimarães Rosa

4-      Graciliano Ramos

5-      Jorge Amado

6-      José de Alencar

7-      Manuel Bandeira

8-      Moacyr Scliar

9-      Rubem Fonseca

10-  Drummond de Andrade.

 

Em: Jornal do Comércio, Sexta-feira e fim-de-semana 29-30-31 de maio, Caderno C, página 5.


Ações

Information

3 responses

15 06 2010
He will be Bach

Maneiríssimo! Machadão é o cara!

20 08 2011
Tati Fagundes

eu queria saber a altura e largura dessa obra e se tem como me dizer onde posso achar mais informações sobre o autor Henrique Bernardelli 🙂

22 08 2011
peregrinacultural

Tati, não tenho o tamanho da tela, infelizmente. Se tivesse, certamente teria colocado no blog. se for muito necessário talvez você possa escrever diretamente para a Academia Brasileira de Letras, no portal há um link para emails e perguntar por lá, já que o trabalho se encontra na ABL. Quanto a informações sobre o Bernardelli, sugiro que pelo menos no início da sua pesquisa você procure no internet onde há muita, muita informação mesmo sobre ele e sobre seu irmão. Obrigada pela visita,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: