Musica da semana: Missa Luba,Credo com Les Troubadour du Roi Baldouin

24 12 2009

Gravação de 1965, Missa Luba com Os Trovadores do Rei Balduíno. Direção do Padre Guida Haazen.

A Missa Luba é uma criação do Congo. Não apresenta qualquer influência ocidental. Kyrie, Glória e Credo são cantados na tradição kazala, que existe hoje no povo Ngandanjika (Kasai). Sanctus e Gloria são reminiscentes da Canção do Adeus em Kiluba. Um ritmo autêntico dos Kasai serve de base para Hosana, enquanto que Agnus Dei se baseia numa música Benea Lulua (Luluaburgo). O mais incrível é o fato dessa missa não ter forma escrita. Alguns ritmos, harmonias e embelezamentos são puro improviso.
O Padre belga Guido Haazen, reconhecendo o valor cultural de manter estas formas originais de música, tomou as rédeas de torná-la de novo saudável. Fundou o coral Os Trovadores do Rei Baldouin, um coral com uma seção de percussão e com aproximadamente 45 meninos de 9 a 14 anos, e 15 professores da Escola Kamina. Em 1958 o coral fez uma volta pela Europa de seis meses, cantando para platéias na Bélgica, na Holanda e na Alemanha.
Padre Haazen é um daqueles raros homens que como missionário, foi para o Congo equipado com um pouco mais do que a Bíblia. Os jovens cantores que ele dirige são verdadeiramente únicos: artistas congoleses. A apresentação deles é verdadeira religiosa, não só cristã.


Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: