Amo o Brasil, poesia de Bastos Tigre para a semana da pátria

31 08 2010

Mickey e Pateta vão ao Brasil, Ilustração Walt Disney.

 

Amo o Brasil

                                     Bastos Tigre

—–

—-

Amo este céu constelado

Céu do Brasil — manto azul —

Sobre ele, em ouro bordado,

Vê-se o Cruzeiro do Sul.

Amo estas matas virentes

Verdes, de eterno verdor

Onde há frutos recendentes,

De delicioso sabor.

Amo esta água cristalina

Dos rios, viva, a correr,

Fazendo mato e campina

Serra e vale florescer.

As belas árvores amo,

Povoadas de passarinhos,

Onde a vida em cada ramo

Palpita em flores e ninhos.

—-

Água e mata, céu e terra

Flores do campo gentis,

Amo tudo quanto encerra

Meu grande e belo País.

—-

Amo as amáveis cantigas

Que ouvi, criancinha, a cantar,

 Em doces vozes amigas,

No berço me acalentar.

Amo a nossa gente boa

Feita só de coração,

Que, por vingança, perdoa

E esquece por compaixão.

—-

Amo os nomes bem-fadados,

Dos que lutaram por nós;

Dos nossos antepassados,

Avós dos nossos avós.

—-

Poetas, sábios e guerreiros

Que a história em seus livros traz,

Nobres heróis brasilleiros

Grandes na guerra e na paz.

—-

Em tudo que amo e bendigo

A minha pátria se vê.

Amo, porque amo!  Não digo

Nem que me perguntem por quê.

—-

Amo os meus pais.  Necessito

Dizer por que amo os meus pais?

Assim proclamo, assim grito:

Amo o Brasil!  Nada mais.

—–

Sinto-o em mim, no mais profundo

Da minh’alma juvenil.

Adoro a Deus; e no mundo

Amo, adoro o meu Brasil.

—-

—–

Em: Antologia Poética, Rio de Janeiro, Ed. Francisco Alves: 1982

—-


Ações

Information

7 responses

1 09 2010
Lígia

Que linda!

20 01 2011
Mônica

gostaria de saber se Estella Bastos Tigre, ainda vive,e se é possível ter um contato com ela. Minha mãe trabalhou muitos anos com essa família e gostava muito da Sra. Estella. Ela tem dois filhos Fernando o outro não lembramos o nome, pois ele morava em São Paulo. Minha mãe se chama Lenita.
Desde já agradeço a informação.

Mônica Sant’Anna

21 01 2011
peregrinacultural

Monica, eu não sei. As informações que eu tenho foram tiradas de livros. Nunca tive contato com a familia. No entanto vou deixar a sua pergunta aqui, em aberto. Quem sabe se alguém que visite este blog não se lembre de alguma informação que possa ajudá-la? Esperemos que este seja o caso. De qualquer maneira, muito obrigada pela visita, um abraço, Ladyce

15 03 2011
Mônica Tigre

Olá, achei sua indagação por acaso, procurando um poema para meu filho ler. Sou neta da Stella e me chamo Mônica também. Sou filha do Eduardo, que morava em São Paulo. Bom, ela ainda é viva sim, porém está bem debilitada. Mora no Rio de Janeiro sozinha, pois sua irmã Silvia faleceu recentemente (acho que foi no dia 12/03 – por ironia, dia do nascimento do Bastos Tigre (e do meu filho mais novo também). Vou ligar para ela e falar de vocês. Mande-me um e-mail com seus dados e eu responderei com os contatos dela. Abraço.

20 03 2011
Monica Sant anna

Muito obrigada pela ajuda Ladyce.É realmente a pessoa que estava procurando.
Mandei meu E-mail para a Monica e aguardo novas notícias.
Um grande abraço.Seu gesto foi essencial para esse reencontro.

4 09 2011
julia !

nao era bem oque esperava mas adorei a poesia !!!

4 09 2011
peregrinacultural

Que bom, Júlia!

Deixe uma resposta para Monica Sant anna Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: