Minha Profissão: Letícia Alves, bibliotecária

20 02 2011

Letícia Alves

—-

—-

Iniciamos hoje  a série de postagens com jovens profissionais.  São pequenas entrevistas que têm como objetivo auxiliar aqueles que precisam tomar uma decisão sobre a profissão a seguir.  Muitos  leitores deste blog estão no processo de considerar o que fazer, como planejar o futuro.  Estas entrevistas, esperemos, irão nos lembrar das diversas possibilidades que cada um tem. 

—–

—–

Letícia Alves, bibliotecária

—–

Perfil:

Sou uma pessoa sempre ávida por novidades, inquieta e por isso me canso rapidamente da rotina. 

Que tipo de trabalho você faz?

Eu catalogo mapas e plantas de Arquitetura, disponibilizando esses materiais para consulta via catálogo da biblioteca na Internet e nos terminais locais. Atendimento ao usuário, orientação de pesquisa e normalização de trabalhos científicos.

Você trabalha no campo de sua formação profissional ou trabalha numa área diferente daquela para qual estudou?

Sim, eu trabalho no campo em que me formei. Me formei em Biblioteconomia na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2004 e defendi meu mestrado na mesma instituição em 2009. Atualmente, sou bibliotecária na Escola de Arquitetura da UFMG.

Para o trabalho que você faz agora, o que poderia ter sido diferente no seu curso de formação?

À época do meu curso seria necessário o aprendizado do formato MARC (ferramenta internacional de intercâmbio de informação entre sistemas de dados), além do estudo de materiais especiais como os mapas que trabalho atualmente. Mas tive notícias que na nova grade curricular do curso de Biblioteconomia da UFMG já contempla essas duas deficiências que apontei.

—–

——

—–

—–

O que você faz para continuar a se atualizar?

Leio artigos científicos da área, livros, sites da internet e procuro participar de cursos de aperfeiçoamento ministrados pela própria universidade para os bibliotecários do sistema de bibliotecas da UFMG.

Você precisa usar alguma língua estrangeira freqüentemente?

Sim. Francês, Inglês e Espanhol.

Que conselho daria a um adolescente que precisa decidir que carreira escolher?

Ter em mente o que gosta de fazer, perspectiva de atuação no mercado, e atualização constantes mesmo enquanto estiver estudando. Escolher mesmo o que gosta, pois escolher a profissão da moda ou por dinheiro não é a melhor solução.

Você tem um lugar na internet que gostaria de mostrar para os nossos leitores? Um blog, twitter?

Meu twitter é @leticialves, lá eu posto de tudo inclusive nada de interessante também, ou digamos, não científico.

E tenho um blog que pode ser considerado pessoal, onde posto sobre coisas do cotidiano, filmes, músicas, poemas e afins.

O endereço dele é: http://tempestade-jesuisentraindechercher.blogspot.com/





Fim do horário de verão, atrase o seu relógio de uma hora!

20 02 2011
Tico e Teco no início do dia, ilustração Walt Disney.







%d blogueiros gostam disto: