A omeleta, poesia infantil de Maria de Lourdes Figueiredo

26 05 2011

A omeleta

Maria de Lourdes Figueiredo

Vou fazer uma omeleta

pra botar dentro do pão,

e, para isto, é preciso

que eu preste toda atenção.

Primeiro bater os ovos;

depois, fritar no fogão.

Virá-la, então, com cuidado…

Escapuliu!  Foi ao chão!…

Em: O mundo das crianças: poemas e rimas, vol 1,  Rio de Janeiro, Delta: 1975


Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: