Palavras para lembrar — Oprah Winfrey

21 06 2012

Leitura, 2005

Igor Zhuk (Ucrânia, 1971)

óleo sobre tela, 50 x 70cm

www.zhuk-art.com

“Os livros foram o meu passe para a liberdade. Aprendi a ler aos três anos, e logo descobri que havia um mundo inteiro a ser conquistado além do nosso sítio no Mississipi”.

Oprah Winfrey





Pensando o espaço urbano verde: escola de design arte e mídia em Cingapura

21 06 2012

Escola de Design, Arte e Mídia da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura.

Um dos telhados verdes mais impressionantes é o da Escola de Design, Arte e Mídia da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura.  O edifício com uma forma orgânica não deixa que se perceba a altura de cinco andares do edifício.  A vegetação se mistura à paisagem.  Natureza e alta tecnologia se encontram para solucionar de maneira criativa o impacto do edifício na área à sua volta.

Outro ângulo do edifício da Escola de Design, Arte e Mídia da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura.

Não parece haver uma separação distinta entre o jardim e o edifício: formas e espaços são fluidos, e o jardim parece abraçar o imóvel, cuja fachada é inteiramente de vidro.  Esse telhado de vegetação permite temperaturas mais estáveis, tanto no inverno quanto no verão, evitando os extremos. A luz é abundante vindo através das  paredes de vidro que dão para a praça interna.  Dentro das salas ela é difusa e filtrada através da folhagem no entorno do prédio.

As paredes de vidro proporcionam uma troca visual entre o espaço interior e o exterior permitindo que os usuários experimentem simultaneamente o edifício, a paisagem à sua volta e a praça interior como espaços fluidos.

Vista da praça interior do edifício.

Os telhados verdes fazem as curvas do edifício se sobressaírem.   Além de estabilizarem a temperatura: isolando o edifício, resfriando o ar à sua volta e colhendo chuva para a irrigação dos jardins, eles servem também como espaços de encontro informais.

Os acabamentos são intencionalmente despojados para atuar como um pano de fundo para a arte, mídia e projetos de design. Paredes de concreto e colunas, cimento, areia, pisos, grades de madeira, tudo numa paleta neutra que ajuda a definir os espaços interiores que variam em forma e tamanho.

Tradução e adaptação do artigo em INHABITAT.





Feira moderna de Caruaru, poema de Domingos Pellegrini, Jr.

21 06 2012

Cabras, arte africana, sem autoria.

Feira moderna de Caruaru

Domingos Pellegrini Jr.

1

A carne-de-sol na sombra

das barracas de alvaiade

Quarenta cachorros magros

Ninguém pode ter piedade

C’uma costela de vaca

a fome toca rabeca

no coração da cidade.

A feira dura três dias

não deixa sobra nenhuma

Cada velho cada menino

é doutor de economia.

Um cego vendendo um bode

garante que produz leite

coalhada até requeijão

— Mas, cego, como é que pode?

O cego apenas responde:

— Hoje quem faz propaganda

não aceita discussão.

2

Mas cadê aquela feira

que irmão abraçava irmão

Fateira entregava a concha

pra mexer no caldeirão

Feirante botava a fruta

na boca do cidadão

Se não gostou, não comprava

Se azedou, devolvia

Se não vendia, era dado

Freguês pagava outro dia

Morria, era perdoado

Hoje são outros 500

São outros tempos, meu mano

O cego vendeu o bode

— Vendi, e sem garantia

Tinha mais de 30 anos

não vive mais 30 dias

Negócio tipo moderno.

Hoje aqui ninguém mais fia.

Quem pode, financia.

Quem não pode, vá pro inferno.

Em: Poesia viva 2: a diversidade de nosso tempo na visão de cada poeta, coord. e sel. Moacyr Félix, Rio de Janeiro, Civilização Brasileira:1979





Imagem de leitura — Curt Herrmann

21 06 2012

Sophie Herrmann lendo

Curt Herrmann (Alemanha, 1854-1929)

óleo sobre tela

Hugo Curt Herrmann nasceu em Merseburg, em Saale, em 1854.  Deixou a escola secundária em 1873 e foi estudar arte no ateliê de Carl Steffeck, onde foi colega de outros pintores alemães que viriam a ser conhecidos: Max Liebermann e Hans von Marée.  depois de terminar seus estudos na Academia de Belas Artes de Munique passou a ser principalmente retratista.  Em 1893, mudando-se para Berlim, abriu uma escola de desenho para moças, que manteve por dez anos. Aos poucos foi se interessando pela pintura decorativa e através do pintor Henry van de Velde, acabou entrando para o círculo de pintores neo-impressionistas.  Teve um papel importante nas artes visuais de Berlim. Grande retrospectiva de seu trabalho foi feita quando completou 70 anos e hoje ainda há um museu dedicado às suas obras.  Faleceu em 1929.








%d blogueiros gostam disto: