Imagem de leitura — Gisbert Combaz

18 04 2013

Woman with Magazine - c. 1897 - by Gisbert Combaz (1869-1941)

Mulher com revista, 1897

Gisbert Combaz (Bélgica, 1869-1941)

Litografia

[Parte superior do cartaz anunciando o salão anual da Libre Esthétique]

Gisbert Combaz nasceu na Bélgica em 1869.  Foi  um grande artista gráfico do movimento Art Nouveau,  Depois de se formar em direito, entrou para a Escola de Belas Artes em 1893 e se transformou e além de se sair bem nas artes plásticas, tranformou-se em um dos maiores defensores da arte belga. Definitivamente influenciado  pela arte japonesa com a qual entrou em contato através de publicações como Le Japon Artistique de S. Bing.  Por causa de sua contínua apreciação pela arte japonesa e pelos artefatos importados do Extremo Oriente para a Europa, o estilo deste artista, que também era pintor, foi chamado de cloisonista. Ele deixava uma linha separando diversas partes daquilo que pintava como nas famosas peças de cloisonné que encheram as casas dos europeus no fin-de-siècle. A partir de 1930 ele edita com outros artistas diversas  publicações sobre arte oriental. Morreu em 1941 na Bélgica.

pl_19





Um livro por 30 milhões de dólares?

18 04 2013

ht_bay_psalm_book_nt_130412_wblog

Um livro de salmos publicado em 1640 poderá ser vendido por uma quantia entre 15 a 30 milhões de dólares no leilão do dia  26 de Novembro de 2013, que acontecerá na casa de leilões Sotheby’s em Nova York.   Responsáveis pelo leilão acreditam que este será o livro mais caro já vendido.  Com o nome de Bay Psalm Book, este foi o primeiro livro impresso em território americano.  Pertence à Igreja Old South em Boston e é um de dois volumes na coleção de livros raros da igreja que chega a 2.000 volumes.  A igreja manterá um dos volumes do mesmo livro de salmos, que tem em sua coleção.  Permanecerá na coleção da igreja o  volume que lhe foi doado pelo quinto ministro dessa igreja, Reverendo Thomas Prince.

Livros que custam milhões de dólares não são muitos, mas existem. A própria casa de leilões já teve vendas que alcançaram a soma de USD$ 11.000.000,00 – onze milhões de  dólares, por um volume.   Mas a casa acredita que este livro de salmos possa chegar aos USD$30.000.000 — trinta milhões de dólares.  O último Bay Psalm Book a ir a leilão foi em 1947, quando foi comprado pela Universidade de Yale por USD$ 151.000,00 – cento e cinqüenta mil dólares.  Esta é uma das grandes raridades no mundo dos livros.

A edição inicial do Bay Psalm Book foi de 1.700 volumes.  Poucos sobreviveram.  Foram usados pelos puritanos até que o desgaste natural por uso contínuo deixassem os livros em condições tão precárias que eram impossíveis de ler.

O comprador desse livro deve ser uma universidade ou instituição semelhante.  Mas há colecionadores particulares que gostariam de ter esse volume em mãos.  Só há uma certeza, no entanto, para os especialistas da casa de leilões: o livro permanecerá nos Estados Unidos, indo para um comprador americano, porque sua importância, como documento, está unicamente relacionada à história americana.   Este foi o primeiro livro produzido nos Estados Unidos, pelos puritanos que viviam em condições extremamente precárias.  É o primeiro livro por americanos, publicado nos Estados Unidos.

A Igreja planeja usar os fundos para fazer reparos no prédio da igreja. Mas continuará a manter sua coleção de mais de 2.000 de manuscritos e livros raros.

FONTE: ABC NEWS








%d blogueiros gostam disto: