Filhotes fofos — carneirinhos

18 08 2013

3399196473_c8f0faf751_zFoto Susan S. — Baalands, Flickr.




Curiosidade benigna transforma erro em benesse

18 08 2013

89761939Santuário da Misericórdia, em Borja, Espanha, foto: Rosaflor.

Esta é uma postagem de domingo preguiçoso.  Ou seja, um pouco diferente do normal.  Mas vem à razão da minha surpresa ao constatar através do jornal inglês The Independent, que a pequena cidade de Borja na Espanha, (4.300 habitantes), que se tornou conhecida mundo afora há mais ou menos um ano por causa de erros a uma restauração mal feita no afresco Ecce Homo, do pintor Elias Garcia Martinez (Espanha, 1858-1934), no Santuário da Misericórdia,  se encontra agora, pelo mesmo motivo, capaz de arrecadar uma grande quantia de dinheiro €50.000 (cinqüenta mil euros) que estão sendo usados em caridades locais.

EccoHomoFresco[Uma combinação de três documentos providenciados pelo Centro de Estudos Borjanos em 22 de agosto de 2012, mostra a versão original da pintura Ecce Homo (Esquerda) pelo pintor do século XIX Elias Garcia Martinez, a versão deteriorada (Centro) e a versão restaurada pela velha senhora na Espanha, AFP/Foto/Centro de Estudos Borjanos.]

A curiosidade sobre este “acidente” de restauração que há um ano tornou-se uma notícia viral, é hoje responsável pelos fundos arrecadados pelo Santuário. Cecília Gimenez, a octogenária encarregada da restauração, que já havia em anos passados dado umas pinceladas em outras pinturas necessitadas de cuidados, hoje consegue uma quantia substancial com a venda de camisetas e demais mementos turísticos com a imagem de “seu erro”. Os lucros dessas vendas são parcialmente dividos entre a restauradora e o governo do pequeno lugar, situado na província de Zaragoza.

Spain_location_map.svg

A desastrosa restauração tem trazido ao vilarejo gente do mundo inteiro movida pela curiosidade de presenciar o erro; talvez, de se confraternizar com a senhora que, com a melhor das intenções, tentou “consertar” uma obra que se desfazia. A reprodução em todo canto dessa imagem fala da nossa atração nata pelo horrendo, pelo grotesco.  Ela nos atrai da mesma forma que a mulher barbuda atraía, pelo preço de uma entrada, centenas de pessoas para debaixo da lona circense. Talvez haja conforto em vermos que, como nós, outros também erram. A diferença é que nossos erros geralmente não chegam à popularidade a que este chegou.

ecce_homo_de_borja_bags-r104e682e23d24869a5bd0b8bb34b1eae_v9w72_8byvr_512

fig,white,mens,ffffff

As lembrancinhas para turistas que a cidade vende mostra que esses espanhóis souberam dar a volta por cima depois da queda.  Conseguiram ver o erro, aceitá-lo e ainda transformá-lo em benefício para a comunidade.  Muito mais do que a maioria de nós seria capaz de fazer.  Palmas para eles: eles merecem!

botched-restoration-cartoon

Legenda: “Eu prefiro a restauração”.





Quadrinha da sabedoria

18 08 2013

pensando, Jonathan Greene, distant-thoughtsIlustração, “Pensamentos distantes”, Jonathan Green. www.jonathangreenstudios.com

Há tempo de flor… de espinho…
Tempo de ouvir… de falar…
Tempo de dar um tempinho…
Tempo.. de o tempo matar!

(Dirce Davenia Guayato)








%d blogueiros gostam disto: