A obra de ficção mais antiga do mundo!!!

14 11 2013

2500BC_Sumerian-plaque_WLB-018

Estandarte de UR, 2600 a.C.  [DETALHE]

Concha, calcário, lápis-lázuli e betume

Cemitério Real,Tumba Real, provavelmente do rei Ur-Pabilsag, Iraque.

Museu Britânico,Londres.

Você sabia que a história de ficção mais antiga que conhecemos  vem da Mesopotâmia? Pois os Sumérios, que ocupavam o vale entre os rios Tigre e Eufrates, uma região de solo muito fértil que hoje faz parte do estado do Iraque, foram os primeiros a desenvolver a escrita – escrita cuneiforme – por isso mesmo são os autores da primeira história de ficção, que se conhece.  A versão mais antiga que temos dessa obra é de 18 séculos antes da Era Comum [século XVIII a. C.]. Essa obra em versos, chama-se em português A epopéia de Gilgamesh, e conta a história de Gilgamesh e companheiro de aventuras Enkidu. Quando Enkidu morre, Gilgamesh se vê questionando a morte e sai à procura da vida eterna. Acredita-se que essa obra seja o resultado da compilação de diversos poemas e lendas tradicionais do povo sumério, contadas de uma forma poética. É aqui que aparece a primeira referência, anterior à da Bíblia, do Dilúvio Universal.

Há diversas traduções dessa obra para o português e também algumas versões para o público infantil.

ba6b2679-8eb5-46d6-96b9-50bd99231045


Ações

Informação

2 responses

14 11 2013
Carlos Bazuca

A Epopéia de Gilgamesh é uma das narrativas mais interessantes pelo seu conteúdo, é a expressão humana de um Filho do Alto. Narrativas sobre grandes dilúvios são relativamente frequentes em outras culturas como a grega (Deucalião) ou mesmo a nossa (Noé).
Só não concordei com o termo “ficção”, mas adorei a postagem.

14 11 2013
peregrinacultural

Boa noite, Carlos e obrigada pelo comentário. Então vamos lá: por que não ficção? Não falo de ficção como em científica e tenho certeza de que você não pensou nisso. Acho que toda a narrativa é uma ficção até mesmo e talvez até mais as autobiografia. Os historiadores podem achar que se limitam aos fatos, mas mesmo que façam isso ainda selecionam o que contar… Você tem um vocábulo melhor? E o fato de ser em forma poética acredito que aumenta a probabilidade de se chamar de ficção. Mas gosto da sua expressão narrativa… Muito boa.

Sim sei de outras narrativas sobre o dilúvio. Muito obrigada pelo comentário nem sempre as pessoas lêem o que postamos com cuidado. Um abraço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: