Paraty em seu começo…

23 09 2014

 

 

Salvador Rodrigues Jr. (1907-1995)Rua da árvore - ParatiÓleo sobre tela40 x 50 cmRua da árvore, Paraty

Salvador Rodrigues Jr. (Brasil, 1907-1995)

óleo sobre tela, 40 x 50  cm

 

” A data de fundação de Paraty é motivo para divergências entre historiadores. Alguns pendem para o ano de 1600, quando Paraty era apenas um povoamento de paulistas de São Vicente. Outros preferem a data de 1606, quando se deu a chegada a Paraty dos primeiros sesmeiros, beneficiados com doações feitas em nome do Conde da Ilha do Príncipe, donatário da Capitania de Itanhaém.

………………………………………………………………………………………………………………….

“O primeiro núcleo de povoamento surgiu em um morro distante 25 braças para norte do Rio Perequeaçu, onde foi erecta  uma capela em louvor a São Roque”(*). Depois, por volta de 1646, em local mais favorável, se erigiu outra capela em honra de Nossa Senhora dos Remédios, em terreno doado por Maria Jácome de Melo, para ampliação da vila, sob duas condições: a primeira, que a mesma fosse feita em devoção àquela santa, e a segunda, exigindo a segurança dos índios guaianazes moradores naquele local.

Como de hábito, o nome do santo orago foi acrescentado ao topônimo Paratii, vocábulo tupi, que significa “peixe da família das tainhas”, muito encontrado na região.

(*) Citação no texto referindo-se ao livro do Monsenhor José de Souza Azevedo Pizarro e Araújo, titulado: Memórias históricas do Rio de Janeiro e das Províncias anexas à jurisdição do Vice-Rei do Estado do Brasil.

 

Em: Paraty, religião e folclore, Thereza Regina de Camargo Maia, Rio de Janeiro, Arte e Cultura (LTC Editora): 1976, pp. 20-21.


Ações

Informação

3 responses

24 09 2014
Maria Helena Oswaldo Cruz

Paraty é o Brasil do séc. XVII preservado pela história, por ser o ponto de chegada dos burros carregados com o ouro de Minas Gerais. De lá, o ouro era colocado em barcos que o trazia para o Rio de Janeiro, onde era fundido, onde hoje é o Paço Imperial.
Essa viagem de Ouro Preto à Paraty levava quase dois meses e as condições da estrada, as chuvas e os assaltos tardavam ainda mais o seu transito, No transporte marítimo até o porto do Rio, os piratas também eram uma ameaça constante.
O governo decidiu então, abrir novo caminho do ouro, passando por Barbacena e Petrópolis até o Rio, o que muito encurtava em tempo e segurança, a vinda do ouro para ser enviado para Portugal.
Paraty foi preservada pelo abandono do caminho usado na época. Que sorte temos com isso! Quem resgatou Paraty foram os paulistanos que se apaixonaram pelo lugar, reformaram suas casas e fizeram do ambiente, um balneário de grande categoria. Isso na década de l960 somente. Hoje é um dos lugares mais interessantes e belos para se conhecer.

28 09 2014
Angela Rabello Maciel de Barros Tamberlini

Paraty é um sonho e, por muito tempo foi o meu refúgio, só temo que o atual crescimento (exagerado), sem planejamento, traga o risco de descaracterizar este pedacinho de paraíso que guarda muitas memórias – históricas e pessoais – e milenares encantos travestidos em praias, montanhas , cachoeiras e matas!

29 09 2014
peregrinacultural

Sim, a falta de planejamento e a ganância de governos que veem os 4 anos que tem em mãos como a única oportunidade que lhes é dada para ficarem ricos é a causa da grande maioria dos problemas que enfrentamos e Paraty, assim como Búzios, joias fluminenses sofrem. Temo que estar sempre atentos e denunciar. Acho Paraty uma joia também. Um abraço e obrigada pelo comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: