Invisível, poema de Henrique Simas

13 01 2015

 

 

Lucia de Lima, garças na lagoa, acrílicast.Garças na lagoa, s.d.

Lucia de Lima (Brasil, contemporânea)

acrílica sobre tela, 27 x 35 cm

www.luciadelima.com

 

 

Invisível

 

Henrique Simas

 

 

Invisível é o ar

Invisível é a nuvem desfeita no céu

Invisível é a sombra que geme na noite

Invisível é a pérola no fundo do mar

Invisível é a marca do ressentimento

Invisível é a estrela que passou.

Invisível também és tu

Garça encantada da lagoa!

 

 

Em: Horizonte Vertical: poemas, Henrique Simas,prefácio de Alceu Amoroso Lima, Rio de Janeiro, Olímpica: 1967, p.90


Ações

Information

2 responses

14 01 2015
Maria Helena Oswaldo Cuz

Bonito mas sem angústia!

14 01 2015
peregrinacultural

Precisava de angústia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: