Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos

18 02 2015

 

 

2324-legumes-40-x-50Ronaldo Boner Junior, ost.Legumes

Ronaldo Boner Jr (Brasil, 1974)

óleo sobre tela, 40 x 50 cm





Cachorrinhos, o cinema e a moda

18 02 2015

 

09bebb208340b9af3edd39659e014c6cCachorros jogando pôquer, 1903

C. M. Coolidge (EUA, 1844-1934)

Para a companhia de charutos, Brown & Begelow

 

A vantagem de uns dias de folga é que tive tempo de perambular pela rede. É impressionante a quantidade de informações a que temos acesso se nos deixarmos levar de link a link. Surfar me parece um pouco rápido demais. Perambular é mais o meu ritmo.

Entendo que tudo é uma questão de moda.  Através de documentação, sabemos que a moda como imaginamos hoje — de qualquer item — é documentada desde o século XIV, no final da Idade Média ou início da Renascença, dependendo de como você classifica a época.  Reis, príncipes, duques e demais nobres, banqueiros e grandes mercadores  começaram a se vestir melhor com tecidos finos importados das terras orientais pela Rota da Seda. É a época em que itens de luxo como livros com iluminuras começaram a ser colecionados e roupas elegantes especialmente confeccionadas. O luxo ia aos poucos aparecendo, desafiando as rígidas leis suntuárias em exercício, até então, por toda a Europa.

Além disso sempre achei que conhecia a grande influência que os meios de comunicação exercem no público, do século passado ao presente.  Cinema e televisão são meios de impacto muito grande.  Mas confesso que fiquei surpresa ao ver quantificada e colocada em gráfico a influência do cinema na moda para a adoção de certas raças de cachorros, como animais de estimação.  O gráfico abaixo me surpreendeu. É de um artigo publicado no Pacific Standard, chamado o Efeito Beethoven: o cinema nos leva à preferência de certas raças de cachorro. O título do artigo explica o conteúdo e o gráfico. Nele podemos ver  a raça do cachorro, o nome do filme, o ano em que foi lançado e a sucessiva popularidade daquele tipo de cachorro, com o pico de demanda. Fiquei surpresa.

 

MTI3NzQ5NjUwNTk2Nzk1NjY2





Trova do livro

18 02 2015

 

leitor, leyendecker_001,Joseph Christian Leyendecker was born in Germany in 1874 and came to America ...Ilustração de Joseph Leyendecker.

 

O livro é o portão de acesso

à liberdade e ao saber.

E nem sequer cobra ingresso:

basta abri-lo, entrar… e ler!

 

(Antônio Augusto de Assis)








%d blogueiros gostam disto: