Imagem de leitura — Jean-Baptiste Greuze

30 09 2015

 

 

greuze-bourgevin-nante, J.-Baptiste Greuze  Portrait de J.-Baptiste de Bourgevin de Vialart, comte de St Morys, enfant.Retrato de Charles-Etienne de Bourgevin de Vialart, Conde de Saint Morys, criança

Jean-Baptiste Greuze (França, 1725-1805)

óleo sobre madeira, 65 x 54 cm

Museu de Belas Artes de Nantes, França





Trova da mentira e do sonho

30 09 2015

 

 

sonho 3Cascão sonha com porquinhos, ilustração de Maurício de Sousa.

 

 

A mentira é sonho lindo

neste meu mundo encantado.

Sonhando, minto dormindo,

mentindo, sonho acordado.

 

(Sinval Emílio da Cruz)





Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos!

30 09 2015

 

 

BURLE MARX, Roberto Burle Marx, Natureza Morta. Técnica mista sobre cartão, 17 X 17 cm. datado 1973. Assinado no canto inferior direitoPeras, 1973

Roberto Burle Marx (Brasil, 1909-1964)

técnica mista sobre cartão, 17 x 17 cm





Comentários na rede, observação de José Eduardo Agualusa

30 09 2015

 

 

Cabinet_of_Curiosities_1690s_Domenico_RempsArmário de curiosidades, c. 1690

Domenico Remps (Itália, 1620-1699)

óleo sobre tela

Museo dell’Opificio delle Pietre Dure, Florença

 

 

“…Os comentários nas redes sociais, ou nos jornais on-line, são uma versão moderna dos antigos gabinetes de curiosidades, ou quartos de maravilhas, salas onde, nos séculos XVI e XVII, os fidalgos endinheirados acumulavam coleções de bizarrias, sortilégios e impossibilidades, como sereias empalhadas, cornos de unicórnios ou lágrimas de crocodilo. Nas caixas de comentários dos jornais, os prodígios, deformidades e monstruosidades não são físicos, mas ideológicos e morais. As pessoas exibem ali, com um estranho orgulho, as suas piores deformidades morais, a estreiteza aflitiva dos espíritos, as ideias mais monstruosas…”

 

Em: “Raças impuras”, José Eduardo Agualusa, O Globo, 28/09/2015, 2º caderno, página 2.








%d blogueiros gostam disto: