O grito da Buganvília, José Eduardo Agualusa

20 10 2015

 

 

Ruth MOTTA GRANDE, OST, Flores no Muro, med. 36x41cm. Ass. CID. Datado 77.Flores no muro, 1977

Ruth Motta Grande (Brasil,? -?)

óleo sobre tela, 36 x 41 cm

 

 

O grito da buganvília

 

“No quintal, no lugar onde Félix Ventura enterrou o corpo estreito de Edmundo Barata dos Reis, floresce agora a rubra glória de uma buganvília. Cresceu depressa. Cobre já uma boa parte do muro. Debruça-se sobre o passeio, lá fora, numa exaltação — ou numa denúncia — à qual ninguém presta atenção.”

 

Em: O vendedor de passados, José Eduardo Agualusa, Rio de Janeiro, Gryphus: 2004.


Ações

Information

4 responses

20 10 2015
O grito da Buganvília, José Eduardo Agualusa | Peregrinacultural’s Weblog | Q RIDÃO...

[…] Sourced through Scoop.it from: peregrinacultural.wordpress.com […]

20 10 2015
mariel

Acabarão notando. Ainda que a indiferença possa ser, não que seja, uma espécie de atenção

23 10 2015
Lenah Oswaldo Cruz

Essas flores não são buganvilias!

23 10 2015
peregrinacultural

Eu sei, mas são flores debruçadas sobre muro… rs….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: