Nomes de mulheres…

25 02 2016

 

 

A queen, a monk, and a fabulous bag . Harley MS 4399, f. 22rUm monge, uma rainha, um tesouro

Iluminura em manuscrito

Harley MS 4399, f. 22r

 

 

Meu nome não é comum.  É um nome inglês, usado principalmente no final do século XIX e início do século XX.  Não é uma invenção de minha mãe como muitos imaginam.  Talvez por ter sido agraciada com um nome fora do comum, sempre prestei atenção a nomes.  O povo brasileiro é muito criativo quando se trata de prenomes para seus filhos.  Uma vez encontrei uma família em que todos os onze filhos tinham nomes que começavam com a letra Z.  Na falta, pegaram nomes comuns e substituíram algumas consoantes por Z.  Assim havia uma Zandra (Sandra) e uma Zezina (Regina).

Desde que fui seduzida pela história medieval coleciono nomes de mulheres.  Porque aos nossos ouvidos, os nomes das princesas e rainhas medievais soam muitas vezes tão esdrúxulos quanto os nomes da família com Z.

 

Conheço quem procura nomes para filhinhos ou netinhos aproveito então para postar alguns nomes medievais para consideração:

 

Aalis, Abril, Adalgisa, Adelaide, Adelinda, Adeline, Adeltrude, Ágata, Agnes, Alda, Aldara, Aldith, Aldreda, Alice, Aline, Alix, Amanda, Anabela, Antia, Arabela, Armena, Astrili, Aurora, Ava, Avelina

Bailessa, Basilea, Basina, Baudelia, Beata, Beatriz, Begga, Belinda, Berta, Bertilla, Blanche, Bodélia, Bogdana, Bonita, Branca, Brites, Brunilda

Cândida, Cassandra, Catalina, Cecília, Celestina, Célia, Clara, Clarice, Clemência, Columba, Constância, Cristina, Cristiana

Denise, Dionísia, Dominica, Dragoslava, Dubravka, Dulce, Dulcina

Edith, Eleonora, Elizabeth, Emília, Emma, Esmeralda, Etheldreda, Ermengarda, Eugênia, Evelina, Everilda

Fabíola, Fada, Fastrada, Felícia, Filipa, Fina, Flor, Floridia

Gadea, Garsea, Gelvira, Genoveva, Gerberga, Gertrudes, Gervinda, Gisela, Golda, Gundred

Helena, Heloísa, Herminone, Herrad, Hilária, Hilda, Hildegarde, Hiltrude

Ida, Idônea, Igulina, Inês, Isa, Isabel, Isolda

Jimena, Joana, Jocosa, Juliana, Julieta

Laura, Laurenza, Leandra, Leonor, Letícia, Letula, Lia, Linora, Liutgarde, Lívia, Lorena, Luella, Luanda, Luba, Lúcia, Ludmila

Madelgarda, Mafalda, Maiorina, Maria, Marion, Martina, Mécia, Mencia, Margaret, Margarida, Marsília, Martina, Matilda, Matilde, Melia, Miane, Milina, Militsa, Miloslava, Mira, Mirabela, Miroslava, Molle, Mor, Moyli, Muriel.

Nancy (diminutivo de Annis), Nerys, Nina, Norma

Odília,  Olívia, Osvalda,

Prudência, Petrônia, Petronilla, Primavera,

Rada, Radoslava, Raísa, Raquel, Regina, Rohese, Rohesita, Rosa, Rosalba, Rosalie, Rosalina, Rosamunde, Rosetta, Rosina, Roxane

Sabela, Sabina, Safira, Sancha, Sarah, Sence, Serafina, Sibil, Slava, Slavitsa, Sol, Stanislava, Stella, Suévia, Sunnifa, Sunniva, Suzana

Tânia, Tatiana, Teodora, Teodrada, Teofânia,Teresa, Tianna, Timothea, Tota

Urraca, Úrsula, Utta, Uxía (variação de Eugênia)

Vanda, Velma,Vilante, Violeta, Vitória, Vivili, Vrimia

Wulfrida

Xantho

Zafara, Zanna, Zenith, Zuzana

 

Considerando que muitas centenas de anos se passaram, é incrível o número de nomes medievais, dos anos 500 a 1400, que ainda sobrevivem.

 

 


Ações

Information

3 responses

26 02 2016
uaíma

Minha amiga,

antes de mais nada, grato pelas visitas. Bom, que postagem deliciosa é esta aqui, acerca de nomes dados às mulheres, desde priscas eras. Já vimos e ouvimos cada nome e sobrenome masculinos e femininos de nos tirarem o fôlego, porque – você disse – a inventividade do brasileiro no tocante a este assunto é espantosa, e eu completo dizendo que, às vezes, é até hilária. Um ex cunhado meu, de nome Idalmo, viúvo de uma de minhas irmãs, tem irmãs e irmãos com nomes assim: Ironi, Ivaldo, Inaldo, Ivan, Ivonete, Ivanete, Ivani, Ivete, e outros e outras mais, dos quais agora não me lembro.

Um abraço.
Darlan M Cunha

28 02 2016
Maria Faria

Interessante como muito dos nomes citados sobreviveram até dias atuais. Tenho dois casos de “criatividade” na minha família. A começar pela minha mãe que tinha um nome esquisito e que não sabia o motivo pelo qual tinha sido nomeada assim: Daularina! E tem o irmão de minha mãe, que mesmo tendo nome comum (Osvaldo) resolveu inovar com os filhos e o nome de todos eles se inicia pela palavra “deus” e ele teve vários filhos: Deusdete, Deusoíte, Deuslene e por aí vai. Abraço!

28 02 2016
peregrinacultural

Isso mesmo Maria Faria. Fiquei também bastante surpresa. Dos nomes antigos e não usados, pelo menos nos nossos dias gosto de alguns, gosto de Sancha. E também de algumas pedras preciosas: safira está lá. Pedras preciosas são mais comuns no mundo inglês/americano. Conheci algumas Pearls (pérolas), tenho na família, uma Ruby (rubi), Emerald (Esmeralda) também é antigo mas ainda encontramos. Aqui no Brasil conheço Perla (pérola em espanhol, alias conheço duas que não são parentes). Nomes são fascinantes mesmo. Um abraço, bom domingo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: