Tempos, poesia de J. G. de Araújo Jorge

15 03 2016

 

 

avião amareloIlustração por Hergé.

 

 

Tempos

 

J. G. Araújo Jorge

 

 

Hoje

quando na minha rua de arranha-céus

passou um realejo trauteando a “viúva alegre”

as crianças correram alvoroçadas

para ver…

 

No meu tempo

era o avião.

 

 

Em: A outra face, J. G. de Araújo Jorge, Rio de Janeiro, Vecchi:1958, 2ª edição, p. 175.








%d blogueiros gostam disto: