O último poema, Manuel Bandeira

4 09 2017

 

 

1927 Jane Rogers Interior SceneInterior, 1927

Jane Rogers (EUA, 1896 – ?)

óleo sobre tela

 

 

O último poema

 

Manuel Bandeira

 

Assim eu quereria meu último poema

Que fosse terno dizendo as coisas mais simples e menos intencionais

Que fosse ardente como um soluço sem lágrimas

Que tivesse a beleza das flores quase sem perfume

A pureza da chama em que se consomem os diamantes mais límpidos

A paixão dos suicidas que se matam sem explicação.

 

Em: Estrela da Vida Inteira- poesias reunidas, Manuel Bandeira, Rio de Janeiro, José Olympio: 1979, p. 119

 





Imagem de leitura — Patrick William Adam

4 09 2017

 

 

A Lady in Pink” (1899) by Patrick William Adam (1854-1929). ”Senhora em rosa, 1899

Patrick William Adam ( Escócia, 1854-1929)

Óleo sobre tela,  112 x 68 cm








%d blogueiros gostam disto: