Mário Quintana, “Destino atroz”

29 05 2018

 

 

 

c167b4bfcb26ded4807730aeef50f9c2Ilustração da revista Cosmolitan, Janeiro 1960.

 

 

Destino Atroz

 

Um poeta sofre três vezes: primeiro quando ele os sente, depois quando ele os escreve e, por último, quando declamam os seus versos.

 

Em: Caderno H, (1945-1973), Mário Quintana, Porto Alegre: Editora Globo, 1973.


Ações

Information

One response

30 05 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: