Lendo: “Se o grão não morre”, de André Gide

28 08 2018

 

 

DSC03899Lendo:

Se o grão não morre

André Gide, tradução: Hamilcar de Garcia

Nova Fronteira: 1982, 282 páginas

 

SINOPSE

Autobiografia interpretada em que o autor mostra que o ser humano deve conhecer a sensualidade e o pecado, viver até o fim a agonia e a morte de Deus. Obra classificada por alguns críticos como romance de formação.

 

 

 


Ações

Information

One response

28 08 2018
Lendo: “Se o grão não morre”, de André Gide — Peregrinacultural’s Weblog | O LADO ESCURO DA LUA

[…] via Lendo: “Se o grão não morre”, de André Gide — Peregrinacultural’s Weblog […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: