A intrigante primeira frase…

27 04 2019

 

 

 

mass-jose-gallegos

Missa, s.d.

José Gallegos y Arnosa (Espanha, 1859 – 1917)

óleo sobre tela, 51 x 71 cm

 

 

“Muito tempo antes que descobrissem que ele tinha dois filhos com mulheres diferentes, um em Drimoleague e o outro em Clonakilty, o padre James Monroe usou o altar da igreja de Nossa Senhora, Estrela do Mar, paróquia de Goleen, West Cork, para denunciar minha mãe com puta.”

 

 

John Boyne em: As fúrias invisíveis do coração, Rio de Janeiro, Companhia das Letras: 2017, página 13, primeira frase, primeiro capítulo.





Flores para um sábado perfeito!

27 04 2019

 

 

 

Ana Cristina Elias, Vaso de flores, Aquarela, 35 x 50 cmVaso de flores

Ana Cristina Elias (Brasil, 1960)

Aquarela, 35 x 50 cm





Uma pergunta pertinente: que artista pintou José de Alencar?

26 04 2019

 

 

frases-de-jose-de-alencar

 

 

Esta é a imagem mais conhecida do  escritor brasileiro José de Alencar.  Está repetida em centenas de capas de livros e milhares de vezes na internet.

Pergunta:

Quem pintou este retrato de José de Alencar?

Não consegui encontrar a autoria deste retrato.  Há de ser um pintor brasileiro, sem dúvida.  Mas qual?  E por que as editoras que tanto usam esta imagem não dão também o nome do artista que o retratou?

 

A peregrina aceita ajuda.  Eu gostaria de saber:  Quem pintou, e se possível onde está.  Muito obrigada, sua ajuda é imensamente apreciada.





Imagem de leitura – Auguste Macke

26 04 2019

 

 

 

 

August Macke, 3 women at a table, 1912, ostTrês mulheres à mesa, 1912

Auguste Macke (Alemanha, 1887 – 1914)

óleo sobre tela, 44 x 50 cm

Coleção Particular

 





Rio de Janeiro, à beira da Guanabara!

26 04 2019

 

 

 

J. Ziegler,Gamboa,Óleo sobre cartão,1824,Assinado, datado 1824 inferior direito,37 x 48 cmVista do cemitério dos ingleses na Gamboa, 1824

J. Ziegler (? – ?)

óleo sobre madeira, 45 x 27 cm





Violeta, poesia de Casimiro de Abreu

26 04 2019

 

 

 

moça com arvore

 

 

 

Violeta

 

Casimiro de Abreu

 

 

Sempre teu lábio severo
Me chama de borboleta!
— Se eu deixo as rosas do prado
É só por ti-violeta!

Tu és formosa e modesta,
As outras são tão vaidosas!
Embora vivas na sombra
Amo-te mais do que às rosas.

A borboleta travessa
Vive de sol e de flores…
— Eu quero o sol de teus olhos,
O néctar do teus amores!

Cativo de teu perfume
Não mais serei borboleta;
— Deixa eu dormir no teu seio,
Dá-me o teu mel -violeta!

 





Na boca do povo: escolha de provérbio popular

25 04 2019

 

 

 

 

futuro 2Bidu aposta no futuro, © Maurício Sousa

 

 

 

“O dia que renasce acende em cada alma uma esperança.”




Imagem de leitura — Georges van Houten

25 04 2019

 

 

 

Georges van Houten (Belgian, 1888–1964). Lady Reading a Newspaper,Moça com chapéu azul, lendo jornal

Georges van Houten (Bélgica, 1888 – 1964)

Examination Schools, University of Oxford





Eu, pintor: Lucian Freud

25 04 2019

 

 

 

Lucien FreudReflexão (Autorretrato), 1985

Lucian Freud (GB, 1922 – 2011)

óleo sobre tela, 55 x 53 cm

Coleção Particular





Ninho, poesia infantil de Miguel Torga

24 04 2019

 

 

 

43b5b877650df623ea9df470e80481bcDesconheço a autoria.

 

 

Ninho

 

Miguel Torga

 

 

Sei um ninho.

E o ninho tem um ovo.

E o ovo, redondinho,

Tem lá dentro um passarinho

Novo.








%d blogueiros gostam disto: