Em 2018, novas descobertas em Pompeia!

28 04 2019

 

 

 

pompeia 6aAfresco com pintura de cobras e pavão.

 

 

Um antigo oratório de mais de 2.000 anos foi descoberto nas ruínas da cidade romana de Pompeia,  preservado em meio às cinzas vulcânicas após a devastadora erupção do Monte Vesúvio em 79 EC que destruiu a cidade e matou 16.000 pessoas. Paredes vermelho-sangue e pinturas de touros, bem como cenas encantadoras de pássaros delicados, árvores e cobras apareceram à medida que arqueólogos foram limpando as paredes vizinhas ao altar.   O altar, que se denominava lararium, está muito bem preservado.

 

 

pompeia 12aOratório, larário.

 

O altar, que se denominava lararium, está muito bem preservado.  Na Roma Antiga, os larários eram espaços para um oratório na entrada das casas das famílias, onde oferendas e orações eram feitas aos espíritos daquela casa, chamados lares. [Mesma origem da nossa palavra LAR, em português (ETIM lat. Lar,Lăris ‘deus protetor da casa, domicílio, lareira’)]. Além deste belo santuário, na sala onde ele ficava, havia uma piscina elevada e um jardim, características que sugerem este local ter pertencido a uma família muito afluente. No momento, arqueólogos tentam descobrir a quem esta casa pertencia.

 

pompeia 5aLimpando as cinzas

 

Massimo Osanna, chefe do sítio arqueológico de Pompeia, descreveu a descoberta como “uma sala maravilhosa e enigmática que agora precisa ser estudada em profundidade“. A sala, que ainda não foi totalmente escavada, está embutida na parede de uma pequena casa e apresenta pinturas dos principais deuses romanos nos rituais domésticos.

Pinturas de animais em uma cena de jardim encantado são típicas do estilo romano ilusionista, com um pavão desenhado ao longo do fundo de uma parede para dar a aparência de que ele estava andando no jardim.

 

pompeia 3aMassimo Osanna mostra detalhes da pintura.

 

Outra parede desta sala está pintada de vermelho sangue e decorada com uma grande cena de caça, com cães caçando um javali e um cervo. Outra pintura retrata um homem com a cabeça de um cão, que os especialistas sugerem que poderia ser uma versão romanizada do deus egípcio Anúbis. Os santuários eram comuns às famílias romanas. Cada casa tinha um lararium de algum tipo, mas apenas as pessoas mais ricas poderiam ter um lararium dentro de uma câmara especial com uma piscina elevada e decorações sumptuosas, como essas, lembrou a professora Ingrid Rowland, historiadora da Universidade de Notre Dame.

 

 

pompeia 8aParede vermelho-sangue com cena de caça.

 

Abaixo do nicho do santuário há uma prateleira-altar coberta com traços de oferendas queimadas no local há quase dois mil anos.  O altar é decorado com pinturas de ovos – um símbolo romano de fertilidade – e é possível que os restos queimados fossem oferendas de comida que também representavam fertilidade, como figos, nozes ou mais ovos.

 

 

pompeia 9aDetalhe da cabeça de um cavalo.

 

As pinturas espalhadas pelo local foram preservadas em cinza vulcânica após a erupção do Monte Vesúvio em 79 EC.  Camadas grossas de rocha e cinzas expelidas durante os dois dias de erupção impediram que a luz solar e a água alcancem esses artefatos por quase dois milênios.  Essas mesmas nuvens de cinzas que cobriram Pompeia preservaram as cores e as pinturas murais neste local que agora foi descoberto repleto de imagens de pássaros, plantas e animais diversos.

 

 

pompeia 7aParedes da sala

 

 

Revista History, Outubro 12, 2018.





Domingo, um passeio no campo!

28 04 2019

 

 

 

CARLOS OSWALD,Paisagem,ost,65 x 54 cmPaisagem

Carlos Oswald (Brasil, 1882-1971)

óleo sobre tela, 65 x 54 cm





O escritor no museu: Fyodor Dostoevsky

27 04 2019

 

 

 

portrait-of-the-author-feodor-dostoyevsky-1872Retrato de Fyodor Dostoevsky, 1872

Vasily Perov (Rússia, 1833 – 1882)

óleo sobre tela,  99 x 80 cm

Galeria Tretyakov,  Moscou





A intrigante primeira frase…

27 04 2019

 

 

 

mass-jose-gallegos

Missa, s.d.

José Gallegos y Arnosa (Espanha, 1859 – 1917)

óleo sobre tela, 51 x 71 cm

 

 

“Muito tempo antes que descobrissem que ele tinha dois filhos com mulheres diferentes, um em Drimoleague e o outro em Clonakilty, o padre James Monroe usou o altar da igreja de Nossa Senhora, Estrela do Mar, paróquia de Goleen, West Cork, para denunciar minha mãe com puta.”

 

 

John Boyne em: As fúrias invisíveis do coração, Rio de Janeiro, Companhia das Letras: 2017, página 13, primeira frase, primeiro capítulo.





Flores para um sábado perfeito!

27 04 2019

 

 

 

Ana Cristina Elias, Vaso de flores, Aquarela, 35 x 50 cmVaso de flores

Ana Cristina Elias (Brasil, 1960)

Aquarela, 35 x 50 cm





Uma pergunta pertinente: que artista pintou José de Alencar?

26 04 2019

 

 

frases-de-jose-de-alencar

 

 

Esta é a imagem mais conhecida do  escritor brasileiro José de Alencar.  Está repetida em centenas de capas de livros e milhares de vezes na internet.

Pergunta:

Quem pintou este retrato de José de Alencar?

Não consegui encontrar a autoria deste retrato.  Há de ser um pintor brasileiro, sem dúvida.  Mas qual?  E por que as editoras que tanto usam esta imagem não dão também o nome do artista que o retratou?

 

A peregrina aceita ajuda.  Eu gostaria de saber:  Quem pintou, e se possível onde está.  Muito obrigada, sua ajuda é imensamente apreciada.





Imagem de leitura – Auguste Macke

26 04 2019

 

 

 

 

August Macke, 3 women at a table, 1912, ostTrês mulheres à mesa, 1912

Auguste Macke (Alemanha, 1887 – 1914)

óleo sobre tela, 44 x 50 cm

Coleção Particular

 








%d blogueiros gostam disto: