Domingo, um passeio no campo!

28 02 2021

Paisagem rural

Torquato Bassi (Itália-Brasil) 1880 – 1967)

óleo sobre tela, 70 x 90 cm





Imagem de leitura — Edmund William Greacen

26 02 2021

A difícil escolha

[Senhora de quimono]

Edmund William Greacen (EUA, 1876-1949)

óleo sobre tela, 60 x85 cm





Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos!

24 02 2021

Frutas

Ettore Federighi (Brasil, 1909-1978)

óleo sobre tela, 53 x 76 cm





Flores para um sábado perfeito!

6 02 2021

Vaso de flores

Henrique Cavalleiro (Brasil, 1892-1975)

óleo sobre tela, 45 x 28 cm





Imagem de leitura: Dennis Miller Bunker

4 02 2021

Uma história de inverno de duendes e gnomos, 1886

Dennis Miller Bunker (EUA, 1861-1890)

óleo sobre tela, 96 x 125 cm

 





Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos!

3 02 2021

Melancia, peras e faca sobre a mesa, 1980

Pedro H. Vieira (Brasil, 1932)

óleo sobre eucatex, 23 x 20 cm





Viajar, texto de Eça de Queirós

1 02 2021

A estação de trem, 1862

William Powell Frith (GB, 1819 – 1909)

óleo sobre tela

Royal Holloway College, University of London

 

Viajar, texto de Eça de Queirós

 

Ia viajar!… Viajei. Trinta e quatro vezes, à, pressa, bufando, com todo o sangue na face, desfiz e refiz a mala. Onze vezes passei o dia, num vagão, envolto em poeirada e fumo, sufocado, a arquejar, a escorrer de suor, saltando em cada estação para sorver desesperadamente limonadas mornas que me escangalhavam a entranha. Catorze vezes subi derreadamente, atrás de um criado, a escadaria desconhecida de um hotel; e espalhei o olhar incerto por um quarto desconhecido; e estranhei uma cama desconhecida, donde me erguia, estremunhado, para pedir em línguas desconhecidas um café com leite que me sabia a fava, um banho de tina que me cheirava a lodo. Oito vezes travei bulhas abomináveis na rua com cocheiros que me espoliavam. Perdi uma chapeleira, quinze lenços, três ceroulas, e duas botas, uma branca, outra envernizada, ambas do pé direito. Em mais de trinta mesas redondas esperei tristonhamente que me chegasse o boeuf-à-la-mode, já frio, com molho coalhado – e que o copeiro me trouxesse a garrafa de Bordéus que eu provava e repelia com desditosa carantonha. Percorri, na fresca penumbra dos granitos e dos mármores, com pé respeitoso e abafado, vinte e nove catedrais. Trilhei molemente, com uma dor surda na nuca, em catorze museus, cento e quarenta salas revestidas até aos tetos de Cristos, heróis, santos, ninfas, princesas, batalhas, arquiteturas, verduras, nudezas, sombrias manchas de betume, tristezas das formas imóveis! E o dia mais doce foi quando em Veneza, onde chovia desabaladamente, encontrei um velho inglês de penca flamejante que habitara o Porto… Gastei seis mil francos Tinha viajado.

 

[Exemplo de Sucessão de fatos]

Em: Flor do Lácio, [antologia]  Cleófano Lopes de Oliveira, São Paulo, Saraiva: 1964; 7ª edição. (Explicação de textos e Guia de Composição Literária para uso dos cursos normais e secundário) p. 151.








%d blogueiros gostam disto: