Flores para um sábado perfeito!

6 02 2021

Vaso de flores

Henrique Cavalleiro (Brasil, 1892-1975)

óleo sobre tela, 45 x 28 cm


Ações

Informação

3 responses

23 02 2021
João Renato

Olá,
Não tenho visto novas postagens no blog.
Você está bem de saúde?
Abraço,
João Renato.

23 02 2021
peregrinacultural

Obrigada, João Renato. De fato, a logística de vida parou. Moro no RJ. Meu edifício está trocando TODA a fiação dos 10 andares (40 apartamentos) e lojas adjacentes, e temos ficado sem luz, dia sim, dia não e esse sacrifício se prolongará pelas quatro semanas de março. Manutenção não era feita desde a construção do prédio em 1959. Perigávamos pegar fogo. O projeto estava marcado para abril de 2020. Esperamos a pandemia melhorar. Não melhorou. A companhia que ganhara a obra, já paga por 17 meses consecutivos (dos 30 de contrato), perigava ir à falência. Então, mesmo sem retornar à vida normal pré-pandemia, o condomínio levou as obras à frente. Isso complicou muito a vida dos moradores… Aqui em casa, estivemos perto do caos. Minhas aulas que já eram dadas online, mudaram de horário, e passaram a ser em dias diferentes. E para adicionar um pouco mais de caos, meu marido se recupera de cirurgia no joelho, estamos portanto dependentes de cadeira de rodas. Moro em andar alto. Temos que esvaziar o apartamento, porque sem luz nada pode ser feito nos dias de hoje, porque nem os elevadores funcionam. Com o calor de 40º durante o dia, nos dias da semana que a companhia trabalha na luz, nos mudamos temporariamente para um hotel vizinho… Infelizmente as entradas no blog requerem um pouquinho de atenção. Não gosto de dar informações inexatas e nessas circunstâncias estou certa de que acabaria falhando. Enfim… Espero poder voltar a um nível de normalidade em breve, nestas primeiras duas semanas confesso que não tem sobrado tempo para extras, quando vejo, estou exausta, caio de sono a qualquer momento em qualquer lugar. Mas de saúde…. sim está tudo bem. Muito obrigada pela sua atenção. Um abraço. Realmente agradecida.

23 02 2021
João Renato

Oi, é bom saber que apesar de todos estes problemas a pandemia não te pegou. Atualmente, todo silêncio é preocupante.
Nem imagino o Rio sem luz.
Sou carioca (ou era) mas moro em sampa há 45 anos.
Quando vou aí, digo sempre que as quatro melhores coisas do Rio são: o povo, a praia, a paisagem e o “parelho” de ar-condicionado.
Abraço, e espero que as coisas se ajeitem.
Saúde!
João Renato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: