Minha arma … Rosa Montero em “A História do rei transparente”

15 08 2017

 

 

RAMON CASAS (Espanha, 1866-1932)Entre capítulos, 1890-, ost, 41x 32, Museu Nacional d_art de Catalunya.Entre capítulos, 1890

Ramon Casas (Espanha, 1866-1932)

óleo sobre tela, 41 x 32 cm

Museu Nacional de Catalunha

 

 

“… A pena treme entre meus dedos a cada vez que o aríete investe contra a porta. Um sólido portão de metal e madeira que não tardará a despedaçar-se. Pesados e suados homens de ferro se amontoam na entrada. Vêm à nossa procura. As Boas Mulheres rezam. Eu escrevo. É a minha maior vitória, minha conquista, o dom do qual me sinto mais orgulhosa; e as palavras, embora estejam sendo devoradas pelo grande silêncio, hoje constituem minha única arma.”

 

 

Em: História do rei transparente, Rosa Montero, Rio de Janeiro, Ediouro:2005, página 9





Imagem de leitura — Sandra Batoni

15 08 2017

 

 

BatoniSandra, Mulher lendoMulher lendo

Sandra Batoni (Itália, 1953)





Homens que leem, pelo dia dos pais!

13 08 2017

 

 

On the Map 1937 by Sir William Coldstream 1908-1987No mapa, 1937

Sir William Coldstream (Inglaterra 1908-1987)

óleo sobre tela, 51 x 51 cm

Tate Gallery, Londres

 

carl-spielter-1905_thumb

Domingo à tarde, 1905

Carl Johann Spielter (Alemanha, 1851-1922)

óleo sobre tela

 

Christopher Murphy, PropSem título

Christopher Murphy (EUA, 1977)

 

Robert Malherbe Luke reading in Hill End 2014 oil on linen 40.5 x 51.0 cmLuke lendo em Hill End , 2014

Robert Malherbe (Austrália, contemporâneo)

óleo sobre tela,    40 x 51 cm

 

David Oyens (Holanda, 1842-1902) Reading912O artista no seu ateliê, lendo L’Art Moderne

David Oyens (Holanda, 1842-1902)

óleo sobre tela

 

CARLOS SCLIAR. Linoleogravura à cores. A Leitura. Assinado. 32 x 22 cmA leitura

Carlos Scliar (Brasil, 1920-2001)

linoleogravura, 32 x 22 cm

 

In a Moscow Café , by Canadian painter Robert GennEm um café em Moscou

Robert Genn (Canadá, 1936-2014)

acrílica sobre tela

 

Cawén, Alvar (1886-1935) Lehtiä luetaan, 1922.jpgAlvar Cawén(Finlandia, 1886-1935)Lendo jornal

Alvar Cawén (Finlândia, 1886-1935)

óleo sobre tela

 

Edvard Munch 1883 Andreas Reading oil on canvas 25.5 x 31 cm Private CollectionAndreas lendo, 1883

Edvard Munch (Noruega, 1863-1944)

óleo sobre tela, 25 x 31 cm

 

Ángel Mateo Charris – Óleo sobre lienzo 75 x 75 cmO manancial

Ángel Mateo Charris (Espanha, 1962)

óleo sobre tela, 75 x 75 cm

 

ALEXANDRE Louis, Titre,Portrait de l'avocat F.L.H. Néel,ost,4e quart 18e siècle,Roanne ,musée des beaux-arts et d'archéologie Joseph DécheletteRetrato do advogado F.L.H. Néel, c. 1790

Alexandre Louis (França, 1759 – 1827)

Museu de Belas Artes e Arqueologia Joseph Déchelette

 

Erskine Nicol (Grã-Bretanha 1825-1904) Good News 1866Boas novas, 1866

Erskine Nicol (Grã-Bretanha 1825-1904)

óleo sobre tela

 

 

Giuseppe Mariotti 00Homem lendo com gato branco

Giuseppe Mariotti (Itália, contemporâneo)

óleo sobre tela

 

Aviva Sawicki (Chile 1956) hombre-leyendo-diario2

Homem lendo jornal, 2003

Aviva Sawicki (Chile,  1956)

 

 





Um grupo de leitura para você!

13 08 2017

 

 

 

Slide1Bretões lendo, de Emile Vernon (França, 1872-1919), óleo sobre tela.

 

 

Eu e a Livraria Única, em Copacabana, estamos oferecendo aos nossos clientes e amigos um grupo de leitura para adolescentes de 14 a 17 anos.  Este grupo de leitura lerá um livro por mês, e se encontrará uma vez por semana, para acompanhamento da leitura.  O grupo será  pequeno,  limitado a oito adolescentes por turma, e se encontrará no Espaço Cultural da Livraria Única por 2 horas a cada encontro. O preço mensal já inclui a aquisição do livro a ser lido.

Inspirados pela importância da leitura e compreensão de texto para os bons resultados nos exames de ENEM  e sabendo que a maioria das empresas procura profissionais com habilidade de ler e escrever corretamente, depois que os jovens se formam na universidade, esse programa de leitura tem a intenção de incentivar e melhorar o entendimento de texto, desenvolver o pensamento crítico, despertar o potencial de cada leitor.

A leitura auxilia no processo de autoestima e autoconhecimento. Utilizando uma grande variedade de textos para poder dar ao leitor adolescente a melhor cobertura de leitura contemporânea.   Além disso, a leitura é um hábito que permite o leitor de adquirir conhecimentos além dos seus horizontes e assim, se tornar um  ser humano mais completo para lidar com as variações que a vida irá apresentar para cada um dos adolescentes que conhecemos e amamos.

 

GRUPO DE LEITURA  PARA JOVENS ENTRE 14 e 17 anos.

Leitura de 1 livro por mês. Um encontro semanal para discussão do livro em questão.

Vagas limitadas. Livraria Única. Em Copacabana.

Telefone e faça a sua reserva:

 

ESPAÇO ÚNICA

Av. Nossa Sra. de Copacabana 1072/ 1205

Tels: (21) 2247-7895 ou 97190-9834

www.unicagestao.com





Razões para incentivar a leitura aos adolescentes

12 08 2017

 

 

Alice [Williams] French (EUA, contemp) Uma boa leitura,90 x 120 cmUma boa leitura, 1990

Alice [Williams] French (EUA, contemporânea)

óleo sobre tela, 90 x 120 cm

www.alicewilliams.com

 

 

Razões para os adolescentes lerem fora da escola:

 

  • São apresentados a alguns dos problemas com que terão que lidar na fase adulta da vida
  • Aprendem a gerenciar exigências dos trabalhos escolares
  • Abrem-se as linhas de comunicação, principalmente se os adultos à volta encorajam discussão ampla sobre  tópicos do interesse deles
  • Aprendem a lidar com um mundo cada vez mais complexo
  • Desenvolvem o vocabulário
  • Aprendem que não estão sozinhos – que outros podem estar sentindo e pensando o mesmo que eles
  • Melhora a escrita
  • Expandem a imaginação e com ela a criatividade
  • Descobrem como outros encontraram soluções para problemas semelhantes
  • Ganham confiança para falar, conversar e fazer uma apresentação




Imagem de leitura — Walter Bayes

10 08 2017

 

 

Walter Bay 1869-1915, Reading in bed (the artists wife)osm,

Lendo na cama (a esposa do pintor)

Walter Bayes (Grã Bretanha, 1869-1956)

óleo sobre madeira

 





Sobre voar, texto de Julian Barnes

8 08 2017

 

 

Gabrielle Bakker, A leitora, 2007.the-reader-2007-gabrielle-bakkerLeitora, 2007

Gabrille Bakker (EUA, 1958)

óleo sobre madeira, 25 x 22 cm

 

 

 

“Nós vivemos na superfície, no nível horizontal, e no entanto, — e por isso — nós sonhamos. Animais rasteiros, às vezes chegamos tão longe quanto os deuses. Alguns voam por meio da arte, outros da religião; a maioria do amor. Mas quando voamos, podemos cair. Existem poucos pousos suaves. Podemos nos ver batendo no chão com violência, arrastados na direção de uma estrada de ferro estrangeira. Toda história de amor é uma história de sofrimento em potencial. Se não a princípio, então depois. Se não para um, então para o outro. Às vezes para ambos.”

 

Em: Altos voos e quedas livres, Julian Barnes, tradução de Léa Viveiros de Castro, Rio de Janeiro, Rocco: 2014, pp: 44-45.








%d blogueiros gostam disto: