Domingo, um passeio no campo!

8 10 2017

 

 

BAPTISTA DA COSTA, João, Rio Piabanha (Sapucaieiras),ost, 1904, 61 x 95 cmRio Piabanha ou Sapucaieras, 1904

João Batista da Costa (Brasil, 1865- 1926)

óleo sobre tela, 61 x 95 cm





Imagem de leitura — Georgette Chen

7 10 2017

 

 

portrait-of-eugene-chen-georgette-chen (China, 1906), oleo sobre tela,Retrato de Eugene Chen, 1940

Georgette Chen (China, 1906 – 1993)

óleo sobre tela, 92 x 91 cm

Museu de Arte de Singapura

 





Sobre solos: Erri de luca

7 10 2017

 

 

sir_george_clausen_ra_rws_planting_a_tree_d5396451gPlantando uma árvore

Sir George Clausen, R.A., R.S.W. (GB, 1852-1944)

óleo sobre tela, 35 x 29 cm

 

 

“Há duas espécies de terra… Uma tem água embaixo, faz-se um buraco e aflora. É terra fácil.

A outra depende do céu. tem só aquela fonte. É magra, ladra, capaz de roubar água ao vento e à noite, e assim que consegue um pouco gasta-a logo toda em cores retidas no miolo das pedras e põe força de açúcares nos frutos e atira perfume de descarada.  É terra de céu seco, prefiro-a.”

 

 

Em: Três cavalos, Erri de Luca, São Paulo, Barlendis & Vertecchia: 2006, tradução de Renata Lúcia Bottini, página 35.





Flores para um sábado perfeito!

7 10 2017

 

 

MAURO BANDEIRA DE MELLO (1960). Vaso de Flores do Campo sobre a Mesa, óleo e acrílica s madeira, 60 X 60. Assinado no c.i.d. e no verso (2011).Vaso de flores do campo sobre a mesa, 2011

Mauro Bandeira de Mello ( Brasil, 1960)

técnica mista: óleo e acrílica sobre tela, 60 x 60 cm





Imagem de leitura — Boris Dmitrievich Grigoriev

6 10 2017

 

 

Boris Grigoriev (Russian, 1886-1939)

Retrato de uma mulher

Boris Grigoriev (Rússia, 1886-1939)

óleo sobre tela





Rio de Janeiro, minha cidade natal!

6 10 2017

 

 

A. DURROGUE,Pão de Açúcar Visto de Santa Teresa,óleo s madeira, 1948,24 x 34 cmPão de Açúcar visto de Santa Teresa, 1948

A. Durrogue (? -?)

óleo sobre madeira, 24 x 34 cm

 





Ricardo Lísias sobre Nobel de Ishiguro

6 10 2017

 

 

122-Carolina-Wren-Bird-Painting-Collectible-BooksIvanhoé

Camille Engel (EUA, contemporânea)

óleo sobre tela,  50 x 40 cm

 

 

“O Prêmio Nobel a Kazuo Ishiguro destaca não apenas um romancista notável, cheio de recursos e muito lúcido, mas também uma consciência que está o tempo todo nos avisando, através da forma literária, de que há algo de muito perigoso se movimentando debaixo dos nossos olhos.  Uma excelente escolha, que dá um pouco de fôlego em um tempo que parece sufocado por conservadorismos tacanhos e violentos. Ishiguro é o contrário disso: ele é excelente.”

 

Em: “Um pouco de fôlego num momento conservador“, Ricardo Lísias, O Globo, Segundo Caderno, página 2; 6 de outubro de 2017.

 








%d blogueiros gostam disto: