Rio de Janeiro, um parque à beira-mar

17 01 2020

 

 

 

Yvonne Visconti Cavalleiro, Paisagem,Óleo sobre tela,Assinado inferior esquerdo,61 X 46 cmPraça do Bairro do Peixoto ao fundo pedra do Inhangá Copacabana, década de 1950

Yvonne Visconti Cavalleiro (Brasil, 1901 – 1965)

óleo sobre tela, 61 x 53 cm





Cuidado, quebra! Frasco de peregrino

16 01 2020

 

e478bc75cd8d2fad233e982e9736787b

Frasco de peregrino, c. 1480-1489

Vidro Veneziano

31, 8 cm altura, 17,8 cm diâmetro, 11 cm corpo, 8,6 cm pé

Corning Museum of Glass,  Corning, Nova York

 

Este frasco (cantil) tem em seu corpo, esmaltado, o brasão de Albertino della Rovere, Bispo de Pesaro.





Imagem de leitura — Carmo Soá

16 01 2020

 

 

 

Carmo Soá - Apaixonada Por Manet Óleo s tela - 81 x 65 cm - 2010.Apaixonada por Manet, 2010

Carmo Soá (Brasil, 1962)

óleo sobre tela, 81 x 65 cm





O escritor no museu: Edgar Allan Poe

15 01 2020

 

 

 

deasf62aEdgar Allan Poe

Thomas C. Corner (EUA, 1865 – 1938)

Retrato pintado em 1933 de fotografias e daguerrotipos

óleo sobre tela, 88 x 63 cm





Esmerado: Trono dos nove dragões

15 01 2020

 

 

 

2019_CKS_18229_0060_000(a_very_rare_and_magnificent_imperial_three-colour_carved_nine_dragon_l)Trono imperial dos nove dragões

Período Qianlong (1736-1795)

111 cm altura x 115 cm largura x 85 cm profundidade

 

 

O imperador Qianlong, que reinou sobre a China por seis d[ecadas de 1736 a 1795 ficou conhecido por sua vasta coleção de arte.  Ele expandiu o império chinês e considerou bem-vindas as influências estrangeiras.

Esse trono, raro, foi esculpido em laca de três cores. O corpo é feito de madeira macia, coberta por camadas de laca, provavelmente entre 100 a 150 finas camadas de laca, trabalho que pode ter durado mais ou menos 6 meses para ser executado.  Tratar com laca, era um trabalho muito demorado e só podia ser executado por excelentes esmaltadores.

 

detail-chinese-lacquer-throne

 

As cores da laca foram: vermelho, ocre e verde escuro.  è raro encontrar pecas com esse variedade de cores.  Dois dos dragões de cinco garras foram esculpidos em laca vermelha.

A decoração deste trono foi dedicada aos nove dragões, nuvens, morcegos,  folhas de lótus e pétalas. A parte mais interessante deste trono está no painel frontal onde vemos um dragão de cinco garras de encontro a um punhado de nuvens.  Os outro oito dragões encontrados no trono, cada um a procura de pérolas em flamas — que simbolizam sabedoria, harmonia e prosperidade na antiga cultura chinesa — estão representados nos partes laterais do trono.

 

CKS-18229-05142019-1

 

A ligação entre os dragões e o imperador da China se desenvolveu desde o imperador Amarelo (Huangdi), o primeiro imperador conhecido da China, cujas datas se aproximam dos anos 2697-2597 a.E.C.  De acordo com a lenda, o Imperador Amarelo se transformou num dragão quando morreu.

 

NOTA: Fotos e texto baseado no catálogo da Casa de leilões Christie’s de maio de 2019.

 





Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos!

15 01 2020

 

 

Nilton Bravo Óleo sobre tela Bananas com tacho de cobre. Assinado e datado 1987 (frente e verso) Medindo 30x40Bananas e tacho de cobre, 1987

Nilton Bravo (Brasil, 1937 – 2005)

óleo sobre tela, 30 x 40 cm





A fonte da mata, poesia de Hermes Fontes

14 01 2020

 

 

9c67715aa8448f5a02a8198b928fa1f2--watercolour-techniques-watercolour-tutorialsAutoria desconhecida.

 

 

A fonte da mata

 

Hermes Fontes

 

Depois de longa ausência e penosa distância,

vi a fonte da mata,

de cuja água bebi, na minha infância.

 

E que melancolia

nessa emoção tão grata!

 

Ver — constância das coisas, na inconstância…

ver que a Poesia é uma segunda infância,

e que toda Poesia…

 

Vem da fonte da mata…

 

Em: Poesia Brasileira para a Infância, Cassiano Nunes e Mário da Silva Brito, São Paulo, Saraiva: 1967, Coleção Henriqueta, p. 157.

 

 








%d blogueiros gostam disto: