Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos!

18 07 2018

 

 

FLORÊNCIO - Arranjo - Óleo sobre tela

Arranjo com tangerinas, bule e caçarola

Florêncio [José Carlos dos Santos] (Brasil, 1947)

óleo sobre tela





“Jacinto”, texto de Eça de Queirós

16 07 2018

 

 

8547f88f72ecad7dc93a8994f80218bcFotografia de jovem desconhecido, século XIX.

 

Jacinto

 

Eça de Queirós ou Eça de Queiroz

 

Este delicioso Jacinto fizera então vinte e três anos, e era um soberbo moço em quem reaparecera a força dos velhos Jacintos rurais. Só pelo nariz, afilado, com narinas quase transparentes, duma mobilidade inquieta, como se andasse fariscando perfumes, pertencia às delicadezas do século XIX. O cabelo ainda se conservava, ao modo das eras rudes, crespo e quase lanígero; e o bigode, como o dum Celta. ca[ia em fios sedosos, que ele necessitava aparar e frisar. Todo o seu fato, as espessas gravatas de cetim escuro que uma pérola prendia, as luvas de anta branca, o verniz das botas, vinham de Londres em caixotes de cedro; e usava sempre ao peito uma flor, não natural, mas composta destramente pela sua ramalheteira com pétalas de flores dessemelhantes, cravo, azaléa, orquídea ou tulipa. fundidas numa mesma haste entre uma leve folhagem de funcho.”

 

[Exemplo de Retratos Descritivos]

Em: Flor do Lácio, [antologia]  Cleófano Lopes de Oliveira, São Paulo, Saraiva: 1964; 7ª edição. (Explicação de textos e Guia de Composição Literária para uso dos cursos normais e secundário) p. 74.





Domingo, um passeio no campo!

15 07 2018

 

 

 

DURVAL PEREIRA - (1917 - 1984)Paisagem - óleo sobre tela - 38 x 55 cm -Paisagem

Durval Pereira (Brasil, 1917 – 1984)

óleo sobre tela, 38 x 55 cm –





Flores para um sábado perfeito!

14 07 2018

 

 

 

AUGUSTO HERKENHOFF, Flores, óleo sobre tela , 40 x 40 cm , assinado e datado - 2006Flores, 2006

Augusto Herkenhoff (Brasil, 1965)

óleo sobre tela, 40 x 40 cm





Rio de Janeiro, minha cidade natal!

13 07 2018

 

 

Lia Mittarakis (Brasil, 1934-1998)Poucos trabalham - muitos se divertem - 53x72Poucos trabalham, muitos se divertem, 1987

Lia Mittarakis (Brasil, 1934-1998)

óleo sobre tela, 54 x 73 cm





“Guardar”, poema de Antonio Cícero

12 07 2018

 

 

Illustration by Pierre BrissaudIlustração de Pierre Brissaud.

 

 

 

Guardar

 

Antonio Cícero

 

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la.

Em cofre não se guarda coisa alguma.

Em cofre perde-se a coisa à vista.

Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por

admirá-la, isto é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por

ela, isto é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela,

isto é, estar por ela ou ser por ela.

Por isso melhor se guarda o voo de um pássaro

Do que um pássaro sem voos.

por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica,

Por isso se declara e declama um poema:

Para guardá-lo:

Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda:

Guarde o que quer que guarda um poema:

Por isso o lance do poema:

Por guardar-se o que se quer guardar.

 

 

Em: Guardar: poemas escolhidos. Rio de Janeiro: Record, 2008, página 11

 





Hoje é dia de feira: frutas e legumes frescos!

11 07 2018

 

 

EVILÁSIO LOPES (Brasil, 1917-2013) , óleo sobre tela,Natureza Morta, medindo 33 cm por 40 cm.Natureza morta

Evilásio Lopes (Brasil, 1917-2013)

óleo sobre tela, 33 cm x 40 cm.








%d blogueiros gostam disto: