Imagem de leitura — Sandra Batoni

15 08 2017

 

 

BatoniSandra, Mulher lendoMulher lendo

Sandra Batoni (Itália, 1953)





Imagem de leitura — Sergey Belov

9 04 2017

 

 

Sergei Belov (Russia, 1971) EVA, 2002, ost, 77x92cmEva, 2002

Sergey Belov (Rússia, 1971)

óleo sobre tela, 77 x 92 cm





Domingo, um passeio no campo!

2 04 2017

 

 

 

Clóvis Pescio (Brasil, 1951)- Fazenda - Óleo sobre tela - 70x120cm - acid - datado de 1999Fazenda, 1999

Clóvis Péscio (Brasil, 1951)

óleo sobre tela, 70 x 120 cm





Ferreira Gullar: arte contemporânea

4 12 2016

 

 

the_scream_pastelO grito da natureza, 1895

Evard Munch (Noruega, 1863-1944)

pastel sobre papelão, 79 x 59 cm

Coleção Particular de Leon Black

 

 

“O principal problema da arte contemporânea é que se confundiu expressão com arte. Perdeu-se a noção de que uma coisa pode ser expressiva sem ser arte. Por exemplo: se eu dou um grito, isso é expressão, mas não é arte. Para que esse grito se torne arte, é preciso que eu o transforme num poema, ou que um pintor como [Edvard] Munch faça um quadro como O Grito, em que aquilo vira uma obra plástica. Se eu me sentar no chão em cima de terra, mesmo que seja no museu, não é obra de arte. Pode ser uma atitude, uma performance adotada como protesto, como manifestação, mas não é obra de arte.”

 

Ferreira Gullar

 

 

ferreiragullar5Ferreira Gullar (Brasil, 10-09 1930 — 4-12-2016)

 

 

Faleceu hoje um dos nossos maiores poetas. 
Perdemos todos.




Do prazer da língua, Muriel Barbery

23 11 2016

 

 

alice-small-pardon-bunch-casamento-eua-1904-1992margueriteMarguerite

Alice Small Pardon (EUA, 1904-1992)

[Alice Bunch, depois do casamento]

óleo sobre tela

 

 

 

“… acho que a gramática é uma via de acesso à beleza. Quando a gente fala, lê ou escreve, sente se fez ou leu uma frase bonita. Somos capazes de reconhecer uma bela construção ou um belo estilo. Mas, quando sabemos gramática, temos acesso a outra dimensão da beleza da língua. Saber gramática é descascá-la, olhar como ela é feita, vê-la toda nua, de certa forma. E aí é que é maravilhoso. Porque pensamos:’Como isto é bem-feito, como é bem elaborado!’, ‘Como é sólido, engenhoso, rico, sutil!’.

 

Em: A elegância do ouriço, Muriel Barbery, São Paulo, Cia das Letras:2008, página, 168. [tradução de Rosa Freire d’Aguiar].

Salvar





Palavras para lembrar — George R. R. Martin

21 11 2016

 

 

christopher-cart-eua-contemporaneolivro-de-arte-aquarela-e-pincel-secoLivro de Arte

Christopher Cart (EUA, contemporâneo)

aquarela e pincel seco

 

 

 

“Um leitor vive mil vidas antes de morrer. O homem que não lê vive só uma.”

 

George R. R. Martin





Flores para um sábado perfeito!

19 11 2016

 

 

claudio-barake-copos-de-leite-e-macasCopos de leite e maçãs

Cláudio Barake (Brasil, 1966)

acrílica sobre tela, 59 x 59 cm








%d blogueiros gostam disto: