Imagem de leitura — Thomas Nast

22 12 2019

 

Thomas Nast: Christmas Painting; Thomas Nast: Christmas Art Print for saleIlustração Thomas Nast (1840-1902)




Imagem de leitura — Pauli Ebner

16 12 2019

 

 

b4c8cecfc64aef0f5c3b9496ca616985A hora da lição, Pauli Ebner (Áustria, 1873 — 1949), Cartão Postal.




Minutos de sabedoria: Monteiro Lobato

15 11 2019

 

 

Al Parker artist and IllustratorIlustração de Al Parker.

 

 

“Infelizmente, ou felizmente, o mundo é o que é. Jogo de interesses pessoais que se chocam.”

 

 

Monteiro Lobato

 

 

m. lobatoMonteiro Lobato (1882 – 1948)

 

 





Palavras para lembrar: Ernest Hemingway

14 08 2019

 

 

 

Jean-François Martin – Illustration le Monde des livres (2012)O mundo dos livros, ilustração de Jean-François Martin.

 

 

“Não há amigo mais fiel do que um livro.”

 

 

Ernest Hemingway





Minutos de sabedoria: Emil Cioran

13 06 2019

 

 

 

Derek NobbsNovembro: Ela desapareceu, ilustração de Derek Nobbs

 

 

“O tédio é o eco em nós do tempo que se dilacera…, a revelação do vazio, o esgotamento desse delírio que sustenta – ou inventa – a vida…”

 

Emil Cioran

 

 

Emil-cioran-3Emil Cioran (1911-1995)




As questões eternas… Marcelo Gleiser

28 05 2019

 

 

 

A-Surprise-GuestUm visitante inesperado, ilustração de Roy Keister.

 

 

“Encantei-me com o Universo e construí uma carreira como físico teórico, interessado por questões que, até recentemente, não eram consideradas científicas. Como o Universo surgiu? De onde veio a matéria que compõe as estrelas, os planetas e as pessoas? Como que átomos inanimados viraram criaturas vivas, algumas delas capazes de refletir sobre sua própria existência? E se a vida existe aqui, será que existe em outros lugares? Será que a imensidão cósmica esconde outras criaturas inteligentes?

Comecei a me interessar por essas questões quando era ainda um adolescente, seduzido pelo poder da mente e por sua capacidade de ponderar assuntos que, aparentemente, eram imponderáveis. Mesmo que, em muitos casos, as respostas a essas perguntas sejam incompletas, o que importa é participar do processo da descoberta, da busca pelo conhecimento. É nossa curiosidade que nos ergue acima da banalidade do igual, da rotina de todos os dias; é nossa curiosidade que nos define enquanto criaturas pensantes.”

 

Em: A simples beleza do inesperado: um filósofo natural em busca de trutas e do sentido da vida, Marcelo Gleiser, Rio de Janeiro, Record: 2017, p. 13.





Palavras para lembrar: Camus

23 05 2019

 

 

 

 

pintor Ernest ChiriakaIlustração de um pintor por Ernest Chiriaka, 1955.

 

 

“Criar é viver duas vezes.”

 

Camus

 

 

Albert-Camus-631Camus (1913-1960)







%d blogueiros gostam disto: