“Não faço questão”, texto de Márcio Tavares D’Amaral

26 10 2015

 

Edward B. Gordon, Gordon, Edward B (1966-...) 9Homem lendo

Edward B. Gordon (Alemanha, 1966)

óleo sobre madeira

www.gordon.de

 

 

Não faço questão

 

Essa expressão, tão comum, não parece conter toda uma atitude diante do mundo.

“Quer um café?”

“Não faço questão. Como você quiser.”

Ora, não é difícil saber se queremos tomar o café que alguém nos oferece. A incapacidade de decidir sobre coisa tão simples pode indicar algo maior do que uma hesitação. Pode ser indiferença. Anemia afetiva. Medo de se comprometer. Essa bem pode estar sendo nossa atitude, hoje, diante do mundo. Passiva. Que deixa correr. E isso é perigoso. O mundo pede emoção e inteligência. Espera que façamos questão dele. Eis a questão.

 

Em: “Não faço questão”, Márcio Tavares D’Amaral, O Globo, 24/10/2015, 2º caderno, página 2.

 





Palavras para lembrar — Victor Hugo

22 08 2014

 

 

edwardb_gordon2Sem título, 2010

Edward B. Gordon ( Alemanha, 1966)

Óleo sobre madeira, 15 x 15 cm

www.gordon.de

 

 

“Ler é beber e comer. O espírito que não lê emagrece, como o corpo que não come.”

 

Victor Hugo





Edward B. Gordon, explica seu processo. Veja o vídeo

26 11 2010




Imagem de leitura — Edward B. Gordon

26 11 2010

Sem título, 2010

Edward B. Gordon ( Alemanha, 1966)

Óleo sobre madeira, 15 x 15 cm

www.gordon.de

Edward B. Gordon, nasceu em Hanover, na Alemanha em 1966 e hoje mantém duas residências: Berlin e Dublin.  Estudou teatro em Londres.  Nessa época também se dedicou à cenografia optando, mais tarde, pela pintura.    Em 2006, abriu um blog, em que pintava um pequeno quadro por dia, e o postava no blog.  Hoje são mais de 1450 quadros.  Seu estilo é bastante realista e ele trabalha muito bem as cenas do dia a dia.  Vale a pena visitar seu blog e seu site.

www.gordon.de








%d blogueiros gostam disto: