Lendo: “A livraria”, Penelope Fitzgerald

18 02 2018

 

 

 

DSC03734

 

LENDO

A LIVRARIA
Penelope Fitzgerald
Bertrand:2018, 160 páginas

SINOPSE

O livro que deu origem ao filme estrelado por Emily Mortimer, de A ilha do medo, e Patricia Clarkson, de House of Cards Florence Green, uma viúva de meia-idade, decide abrir uma livraria — a única — na pequena Hardborough, uma cidade costeira no interior da Inglaterra. Florence não esperava, contudo, que seu projeto pudesse transformar Hardborough em um campo de batalha: enquanto a influente e ambiciosa Violet Gamart, que tinha outros planos para a centenária casa que ela escolheu como sede, faz de Florence sua inimiga, a empreendedora também conquista um aliado na figura do excêntrico Sr. Brundish. Na história de Florence Green enfrentando a cortês mas implacável oposição local, vê-se a denúncia de uma estrutura de privilégios apoiada em invejas e crueldades, e, no microcosmo de Hardborough, Penelope Fitzgerald monta um cenário repleto de detalhes precisos e personagens atemporais.





Lendo: “Amantes modernos”, Emma Straub

10 02 2018

 

 

 

DSC03732Amantes modernos

Emma Straub

Rocco: 2018: 384 páginas

 

SINOPSE

Autora, entre outros, de Os Veranistas, também publicado no Brasil pela Rocco, e colaboradora de veículos como Vogue e The New York Times, Emma Straub coleciona elogios pela forma sensível e bem-humorada com que esquadrinha o cotidiano e as relações amorosas e familiares no mundo atual. Em Amantes modernos, Andrew, Elizabeth e Zoe se conhecem desde a faculdade, época em que tinham uma banda e muitos sonhos. De lá pra cá, eles se casaram – Elizabeth com Andrew, Zoe com Jane – e deram início a negócios e famílias, sempre fazendo de tudo para agarrar-se à identidade da juventude. Mas é no verão em que seus filhos estão prestes a entrar na faculdade e decidem ir para a cama juntos que estes amigos de longa data colocam seus próprios passados em perspectiva e se dão conta de que a idade finalmente chegou, e é preciso passar o bastão para a geração seguinte





Lendo: “O círculo dos Mahé” de Georges Simenon

27 01 2018

 

 

 

DSC03722

LENDO:

O círculo dos Mahé
George Simenon
Cia das Letras: 2017, 128 páginas

SINOPSE

Aos trinta e cinco anos, casado e com dois filhos, o dr. François Mahé ainda mora com a mãe e leva uma típica vida pequeno-burguesa. Certo verão ele decide ir com a família à ilha de Porquerolles, no sul da França. No entanto, um constante mal-estar o impede de desfrutar o paraíso mediterrâneo. Ao ser chamado para examinar uma mulher no leito de morte, o médico se vê entre uma família humilde e fica fascinado pela mais velha dos três filhos, uma jovem muito magra que usava um vestido vermelho. Começa então uma história de obsessão e crise profunda, e somos levados pela jornada sombria da alma do protagonista. A morte da mãe também abalará as estruturas do dr. Mahé e, com o passar do tempo, ele será impelido a retornar à ilha mediterrânea ano após ano, como que hipnotizado pela garota. Com sua prosa enxuta e fluente, Simenon faz um retrato soturno da psique de um homem medíocre que vislumbra uma alternativa à banalidade, mas sofre para conseguir alcançá-la.





Lendo: “Um velho que lia romances de amor”, Luís Sepúlveda

18 01 2018

 

 

DSC03718

 

LENDO:

Um velho que lia romances de amor
Luís Sepúlveda
Ática: 1995, 94 páginas

SINOPSE:

O primeiro e mais premiado romance do chileno Luis Sepúlveda está de volta, após ser traduzido em inúmeros países. O autor baseia-se em sua experiência na Amazônia para contar a história de Antônio Bolívar, um homem que vai viver com a mulher na maior floresta tropical do mundo e aprende que a vida na selva não é para qualquer um. Ao sentir necessidade de se transportar para um universo idílico, longe da cruel realidade da vida, Antônio passa a se interessar por romances de amor.





Lendo: “Romancista como vocação”, Haruki Murakami

13 01 2018

 

 

DSC03717ROMANCISTA COMO VOCAÇÃO

Haruki Murakami

Alfagura: 2017, 168 páginas

 

SINOPSE

“Haruki Murakami é um dos mais conhecidos autores contemporâneos do Japão. Quando seus livros são lançados, a imprensa noticia filas enormes nas livrarias de Tóquio e traduções para mais de quarenta idiomas. Ícone da escrita fluida, Murakami transita bem em diversos estilos narrativos: ficção, ensaio, reportagem, nada parece estar fora de seu talento literário. Para abarcar toda essa multiplicidade, chega agora Romancista como vocação, uma série de proposições sobre a escrita, a literatura e a vida pessoal do recluso escritor. Escrito na linguagem acessível típica de Murakami, este livro é um convite a todos que desejam habitar o mundo dos romancistas, bem como uma declaração de amor ao ato da escrita.”





Lendo: “Entre cabras e ovelhas” de Joanna Cannon

1 01 2018

 

 

 

DSC03714

ENTRE CABRAS E OVELHAS

Joanna Cannon

Editora Morro Branco:2017, 472 páginas

 

Inglaterra, verão de 1976. A sra. Creasy está desaparecida e a Vila borbulha com fofocas. Os vizinhos culpam a sufocante onda de calor por seu repentino sumiço, mas as pequenas Grace e Tilly não estão convencidas disso.

Com o sol brilhando incansável no céu, as meninas decidem tomar o assunto em suas próprias mãos e, batendo de porta em porta atrás de pistas, percebem que todos na Vila têm algo a esconder. Enquanto a rua começa a revelar seus segredos, as pequenas detetives vão perceber que nem tudo é o que parece.





Imagens de leitura “natalinas”

5 12 2017

 

 

 

5e66c02893a2ac48ef4e28800fbe95ba

 

 

3b92255c4567d9ae3c15c4719e6e5889

 

 

53f9a9e4c7f757a636c89253b7e820f7--christmas-postcards-vintage-christmas-cards

 

 

2941ba04136a1329e65042b11dfcce6e

 

 

2772880e58911e875773aab291a1e7e2

 

 

b4f72e30939b331988e48d2561a7f4f6--vintage-christmas-cards-victorian-christmas

 

 

LENDO 65d091f1e3615311c3e56fc03a76b426

 

 

LIVROS,IIMAGEM DE LEITURA, NATAL 1214_christmas_postcard5

 

 

LIVROS Natal, presentes, boneca, livro

 

 

dc9af4c77848433f7080ae1b5d23065e

 

 

 

95730aa11d3356e18df37a556b68b4cc

 

 

0c9e499d8fd783343a4874aa77694e25--vintage-christmas-cards-vintage-holiday





Rio de Janeiro, cidade olímpica!

14 10 2016

 

 

virgilio-dias-largo-santa-ritaLargo de Santa Rita

Virgílio Dias (Brasil, 1956)

óleo sobre tela, 70 x 100 cm

www.virgiliodias.com.br

 





Imagem de leitura — Aung Kyaw Htet

17 02 2016

 

Aung Kyaw Htet (Mianmar, 1965) StudyingEstudando

Aung Kyaw Htet (Burma/Myanmar, 1965)

óleo sobre tela

 





Brasil que lê: fotografia tirada em lugar público

13 10 2013

???????????????????????????????Cedo de manhã, Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon, RJ.







%d blogueiros gostam disto: