O escritor-fantasma ou o “ghost-writer” em foco

1 08 2014
???????????????????????????????Ilustração de Maurício de Sousa.

 

Uma entrevista no The Guardian da semana revela que um dos escritores-fantasmas mais bem sucedidos  na Inglaterra está lançando um livro onde promete contar detalhes da carreira, no livro Confessions of a Ghost Writer.  Andrew Crofts menciona que muitos dos livros que frequentam as listas dos Mais Vendidos em qualquer país são em boa parte escritos por escritores-fantasmas, ou para quem quer usar a expressão inglesa, ghost writer. Também faz revelações sobre os contratos de pagamentos mencionando que um profissional bem sucedido pode esperar até 33% do valor de adiantamento de um livro a ser publicado, mais royalties.  Mas que todos os contratos são negociáveis e que em períodos de recessão econômica um escritor pode até aceitar a módica quantia de 10% do adiantamento de um livro,

O livro promete ser interessante porque cada vez mais esses escritores são usados principalmente por indivíduos de sucesso em profissões que nada tem a ver com a escrita e que gostariam de escrever memórias, manuais ou até mesmo livros de autoajuda.

Além disso, ouvi dizer recentemente,que muitos dos autores extremamente populares, de ficção, desses que vendem milhões de exemplares a cada título publicado de uma vez por ano tem verdadeiras “fábricas” de livros, com escritores contratados que produzem as histórias a partir de um roteiro que lhes é entregue.   Vou esperar para ler o livro, mas achei essas informações já bastante reveladoras do que pode vir por aí.





Os best-sellers que ninguém lê e os que são lidos…

29 07 2014

 

leitura, acabarPato Donald se entusiasma com um livro, ilustração de Walt Disney.

 

Julho é um dos meses de  verão na Europa e todos se preparam para tirar férias.  Levar um best-seller na mala para ler na praia, no lago, no campo nem sempre é uma escolha fácil. No início deste mês o jornal inglês The Independent publicou uma pequena lista dos best-sellers que, depois de comprados, são abandonados…

Aqui vai então a lista dos mais abandonados:

1º — Capital in the Twenty-First Century, Thomas Piketty  — sairá em breve no Brasil, com o titulo Capital no século XXI 

2º — A Brief History of Time , de Stephen Hawking — no Brasil, Uma breve história do tempo

3º — Thinking Fast and Slow de Daniel Kahneman — no Brasil, Rápido e devagar: duas formas de pensar

4º — Fifty Shades of Grey de E. L. James — no Brasil, Cinquenta tons de cinza

 

Por outro lado, aqui estão os livros da lista de best-sellers que os leitores não abandonam:

1º — The Goldfinch  de  Donna Tartt — que sairá em português em setembro como, O Pintassilgo

2º — Catching Fire, de Suzanne Collins — (2º da trilogia Jogos Vorazes) no Brasil, Em chamas

 

Há muito tempo que não me incomodo mais em deixar um livro de lado.  Há mais livros no mundo do que eu terei tempo nessa terra, mesmo que eu venha a viver os 120 anos que pretendo viver… Mas há coisas que não nos interessam e há também a hora certa para ler determinado livro.

Essa lista mostra que não precisamos nos incomodar ao abandonar um livro sem chegar ao final.  Você não está sozinho, milhares de pessoas estão no mesmo barco…   Prepare-se então para as férias de dezembro ou para qualquer sequencia de feriadões ainda por vir.








%d blogueiros gostam disto: