Natureza maravilhosa: Trachyandra sp

17 03 2019

 

 

 

TrachyandraTrachyandra sp.

 

Trachyandra é um género botânico pertencente à família Asphodelaceae. Descrita pela primeira vez como gênero em 1843. É uma suculenta, nativa do leste e do sul da África, assim como do Iêmen e Madagascar . Muitas das espécies são endêmicas da África do Sul. 

 

Trachyandra2Trachyandra sp.

 

As instruções abaixo são válidas para todas as suculentas.  A Trachyandra sp é bastante rara por aqui e não achei maneira específica de manutenção desta planta.

Suculentas são plantas resistentes à seca. Armazenam água em suas folhas, caules e raízes. O armazenamento de água lhes dá uma aparência carnuda, conhecida como suculência. Você não pode esquecer dessas plantas completamente.  Mas elas precisam de pouca atenção. Para precisar de pouca manutenção, é melhor fazer um investimento de cuidados no início. Certifique-se de que as plantas tenham boa drenagem. Você pode comprar solo de cactos ou adicionar areia ou cascalho ao solo comum.  É preciso que seu contêiner tenha um orifício na parte inferior para drenagem.

 

PP-Albuca-ConcordianaTrachyandra sp.

 

Suculentas são plantas de crescimento lento.  Coloque-as firmemente juntas no recipiente. Após o plantio, regar bem, então deixe o solo secar entre regas.  Suculentas não gostam de se enraizar na água. Eles precisam de mais água na primavera e no verão, mas menos no inverno, quando entram em uma fase inativa.





Natureza maravilhosa: galinha polonesa de topete

8 10 2018

 

 

 

galinha polonesa de topeteGalinha polonesa de topete, foto: cynoclub/Shutterstock

 

 

A galinha polonesa de topete é uma raça europeia de galinhas com crista, conhecida por sua notável crista de penas. Os relatos mais antigos dessas aves vêm da Holanda; mas suas origens exatas são desconhecidas. Elas são adornados com grandes cristas que quase cobrem a totalidade da cabeça.

 

Polonesa_Dourada_Galinha_Ornamental_Fazenda_Visconde_012

 

Esta crista limita sua visão e, como resultado, pode afetar seu temperamento. Assim, embora normalmente mansas, elas podem ser tímidas e se amedrontam com facilidade.

São criadas principalmente como aves de exibição, mas originalmente eram criadas para a produção de ovos de consumo, que são ovos brancos. Há galinhas dessa variedade barbudas, sem barba e com penas crespas.

 

Polonesa_Preta_de_Topete_Branco_Galinha_Ornamental_Fazenda_Visconde_003

 

Seu porte é médio.  Machos podem atingir a altura de 45 cm e pesar 2,5 Kg.  Fêmeas chegam a 40 cm  de altura e aos 2 Kg. Cada animal coloca põe cerca de 150 ovos por ano.





Natureza maravilhosa: Faisão dourado

22 07 2018

 

 

Pheasant-BirdFaisão dourado

 

O faisão dourado (Chrysolophus pictus) é uma espécie de ave galiforme da família Phasianidae originária das montanhas da China Central, da Birmânia e de algumas outras partes da Ásia, no Brasil também é conhecida como Cateleuma.

A fêmea tem uma aparência muito diferente do macho.  Como acontece com muitas aves, a fêmea difere do macho na aparência.  Ele, todo engalanado.  A faisoa, modesta nas cores.  O macho adulto cresce até quase 1 metro de comprimento. A  cauda ocupa 2/3 desse total.

 

douradoGDois faisões dourados

 

faisão-dourado-fêmea-100847797Faisoa.  (O feminino de faisão também pode ser faisã)  A preferência é de quem escreve.




Natureza maravilhosa: Bengala doce Sorrel

9 07 2018

 

 

florrara10Flor Bengala Doce Sorrel (Oxalis versicolor )

 

 

Bengala doce Sorrel (em referência à bala de Natal vermelha e branca em forma de uma bengala), a Oxalis versicolor  é uma  planta que pertence à família Oxalidaceae, encontrada na África do Sul.

Cresce de um bulbo, chega a ter de 8 a 15 cm  de altura.  Forma, assim, uma cama de folhas verdes, cada folha composta de três folhetos alongados. No final do verão e início do outono, brotos tubulares brancos estreitos se formam na ponta de caules finos. Um rebordo escarlate curvo para cada pétala dá a aparência de uma bengala doce. As flores se abrem em plena luz do sol, mas permanecem enroscadas em outros momentos.

Candy_Cane_icon





Natureza maravilhosa: tarântula azul

17 02 2018

 

 

tarántula-azul-tapaTarântula azul [Poecilotheria Metallica]

 

 

A tarântula azul [Poecilotheria metallica]  é uma aranha encontrada na Índia, numa área pequena de quase 100 Km² numa reserva florestal.   Pertence à família Theraphosidae, que é a família das tarântulas.  Tem a cor azul metálica.  Brilhante.  Seu habitat natural é a floresta decidual em Andhra Pradesg, ao sul da Índia.  Foi descoberta na cidade indiana de Gooty, e por isso é muitas vezes chamada de Tarântula de Gooty.

Recentemente nova espécie da tarântula azul foi encontrada na Guiana, na Floresta Amazônica.





Natureza maravilhosa: Jandaia amarela

14 01 2018

 

 

jandaia amarelaJandaia amarela

 

A jandaia-amarela (Aratinga solstitialis) é  uma ave natural do Brasil, encontrada na Amazônia.  Também é conhecida por outros nomes, dependendo da região onde habita: jandaia-sol, cacaué, nandaia, nhandaia, queci-queci e quijuba.  Pertence à família dos psitacídeos que possui três raças distintas, encontradas na Amazônia e em várias regiões do Brasil. Fazem ninhos em geral no final do verão em buracos de árvores ou palmeiras, mas podem ser encontradas em áreas urbanas ocasionalmente morando em postes.  Gostam de comer coquinhos de diversas palmeiras, brotos, flores, folhas tenras e frutas. Tem o bico adaptado para partir e triturar sementes duras. Em geral crescem até os  31 centímetros de comprimento. Têm o bico negro e plumagem laranja, amarela e verde.

São comumente confundidas com periquitos.  Mas a jandaia-amarela tem a plumagem das asas mais verde quando jovem, com tons amarelos e de um alaranjado intenso.  Mas é uma ave da mesma família dos papagaios: psitacídeos.  Também da mesma família são as araras e maitacas.

 

Ave Jandaia amarela - OpenBrasil.orgJandaia amarela




Natureza maravilhosa: Irapuru

1 10 2017

 

 

blog-animal-chic-411.pngFoto: Marcelo Camacho

 

Com o nome científico Pipridae filicauda, o Irapuru leva muitos outros apelidos, entre eles Rabo de arame, Tangará, Dançador-de- cauda-fina, e outros. está entre os pássaros brasileiros de cores mais fortes, três: preto (asas e cauda), amarelo (papo) e vermelho(cabeça). E só os machos são coloridos. As fêmeas coitadinhas, tem uma cor única, verde-oliva, e com isso conseguem se disfarçar na folhagem muito mais do que seus parceiros. São naturais da Amazônia, portanto, encontrados nas florestas do Brasil, (Amazônia Ocidental, nos rios Negro e Purus), Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.  São pequeninos, atingindo no máximo 10,5 cm no corpo sem contar as penas que fazem o rabo.

 








%d blogueiros gostam disto: