Trova do coração

24 05 2017

 

 

Walter M Baumhofer 3.jpgIlustração de Walter M. Baumhofer.

 

 

O coração de quem ama

é misterioso e profundo:

Tem o calor de uma chama

e a imensidade de um mundo!

 

(José Nogueira da Costa)





Trova do sorriso

21 05 2017

 

 

sorria,John AthertonSorria, ilustração de John Atherton, 1948, capa, Saturday Evening Post.

 

 

O sorriso é flor de sebe,

perfume de resedá.

Anima a quem o recebe,

embeleza a quem o dá.

 

(Nair Starling)





Trova do dinheiro

19 05 2017

 

 

ganhar quantoTio Patinhas quer saber quanto vai ganhar, © Estúdios Disney.

 

 

Conhecida e ingênua farsa.

Quem fala mal do dinheiro,

regra geral, nem disfarça…

Corre atrás dele primeiro!

 

(Nair Starling)





Escola de samba, poema de P. Carlos de Araújo

18 05 2017

Baile, s/d

Menase Vaidergorn (Brasil, 1927)

óleo sobre tela, 40 x 60 cm

 

Escola de Samba

P. Carlos e Araújo

Ginga marota

no passo do samba

aí bateria

segura a cuíca

aperta o pandeiro.

Corpos pulando

bamboleando na ponta do pé.

Parada no ar, meia volta,

o couro come.

Cabrocha assanhada

que pula pro lado

e pula pra frente

teu corpo balança

no ritmo quente.

O dia inteiro

trabalhou no tanque

mas de noite é rainha

puxa o passo na quadra,

seus pés, tão rápidos,

não se vêem.

Só poeira

mistura de ginga e suor.

O corpo quente

cabelos soltos

braços polidos

sorriso livre

avermelhado

dentadura branca

saia de chita

pompons azuis.

Depois, a chuva

pancada forte

vendaval

correrias

coreto vazio

cuíca no chão.

Em: O inimigo oculto, P. Carlos de Araújo, Rio de Janeiro, Ed. Gávea: 1988.





Trova do teu mistério

15 05 2017

 

 

namoricos

Envolto neste mistério,

fico, assim, me perguntando

se brincas, falando sério,

ou falas sério, brincando…

 

(Roberto Medeiros)

Salvar

Salvar





Trova das mãos

10 05 2017

 

Bird-Hand-Victorian-GraphicsFairy

 

Mãos falam! … Todos entendem

o seu idioma calado

e até as feras compreendem

a doce fala do agrado.

 

(Heribaldo Gerbasi)

Salvar





Trova da chegada do luar

3 05 2017

 

 

noite, Clarence Coles Phillips

Noite, ilustração de Clarence Coles Phillips.

 

 

Ao sentir que a noite nasce,

fecho as cortinas, ligeiro,

pra que o luar não te abrace

sem que eu te abrace primeiro!

 

(Sérgio Bernardo)








%d blogueiros gostam disto: