Nossas cidades: Santos

20 07 2021

Igreja de N. Sra de Montserrat, Santos, SP, 1997

Armando Romanelli (Brasil, 1945)

óleo sobre tela,  73 x 100 cm





Santos, poesia de Ribeiro Couto

17 05 2021

Porto de Santos, 1986

Aldemir Martins (Brasil, 1922-2006)

acrílica sobre tela, 54 x 46 cm

 

Santos

Ribeiro Couto

 

Nasci junto ao porto ouvindo o barulho dos embarques.

Os pesados carretões de café

Sacudiram as ruas, faziam trepidar o meu berço.

 

Cresci junto ao porto, vendo a azáfama dos embarques.

O apito triste dos cargueiros que partiam

Deixava longas ressonâncias na minha rua.

 

Brinquei de pegador entre os vagões das docas.

Os grãos de café, perdidos no lajedo,

Eram pedrinhas que eu atirava noutros meninos.

 

As grades de ferro dos armazéns, fechados à noite,

Faziam sonhar (tantas mercadorias!)

E me ensinavam a poesia do comércio.

 

Sou bem teu filho, ó cidade marítima,

Tenho  no sangue o instinto da partida,

O amor dos estrangeiros e das nações.

 

Oh, não me esqueças, nunca, ó cidade marítima,

Que eu te trago comigo por todos os climas

E o cheiro do café me dá tua presença.

 

Em: Poesia Brasileira para a Infância, Cassiano Nunes e Mário da Silva Brito, São Paulo, Saraiva: 1967, Coleção Henriqueta, p. 17.





Nossas cidades: Santos

22 04 2020

 

 

 

PAULO DO VALLE JÚNIOR (Brasil, 1889-1958)Paisagem de Santos, ost, 90 x 68 cmPaisagem de Santos

Paulo do Valle Júnior (Brasil, 1889 -1958)

óleo sobre tela, 90 x 68 cm





Em três dimensões: Tomie Ohtake

13 01 2019

 

 

 

g551731s

Homenagem aos 100 anos de Imigração Japonesa, 2008

Tomie Ohtake (Japão/Brasil, 1913 – 2015)

Aço pintado, 15 metros de altura

Parque Roberto Santini, Santos, Estado de São Paulo

Inaugurada em 2008 pelo Príncipe Naruhito do Japão.

 

caption





Nossas cidades: Santos

18 12 2018

 

 

 

Dario Villares Barbosa, Santa Casa de Santos, 1944, óleo sobre tela, 41 X 28, PESPSanta Casa de Santos, 1944

Dario Villares Barbosa (Brasil, 1880 – 1952)

óleo sobre tela, 41 X 28 cm

PESP — Pinacoteca do Estado de São Paulo





Nossas cidades — Santos

10 04 2017

 

 

Dario Villares Barbosa, Rua 15 de Novembro – Santos, s.d., óleo sobre tela, 46 X 33, PESP

Rua 15 de novembro, Santos

Dario Villares Barbosa (Brasil, 1880 – 1952)

óleo sobre tela, 46 x 33 cm

PESP —  Pinacoteca do Estado de São Paulo, SP





Nossas cidades: Santos

21 11 2016

 

 

takeshi-suzuki-1908-1987iha-de-urbuquicaba-1997-ost73-x-60-pespIlha de Urubuqueçaba, 1997 (?)

Takeshi Suzuki (Japão/Brasil, 1908-1987 (?))

óleo sobre tela, 73 x 60 cm

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Salvar





Nossas cidades: Santos, SP

26 09 2016

 

 

georgina-de-albuquerque-1885-1962domingo-de-sol-na-praia-de-santos-oleo-s-tela-65-x-80-assinado-e-datado-1950-no-c-i-eDomingo de sol na praia de Santos, 1950

Georgina de Albuquerque (Brasil, 1885-1962)

óleo sobre tela, 65 x 80 cm





Copa 2014, no coração de todos!

16 06 2014

 

 

Ademyr Costa, Futebol 4,2012, ost, 45 x 85 cmFutebol IV, 2012

Ademyr Costa (Brasil, 1952)

óleo sobre tela, 45 x 85 cm





O cisne, poesia para a infância de Manoel Moreyra

16 02 2012

Cisnes, ilustração de R. Bruce Horsfall, para a revista American Girl, agosto de 1936.

O cisne

Manoel Moreyra

No cristal azul do lago,

a mancha branca de um cisne,

airoso, altivo, elegante,

parecendo feito a giz,

vai deslizando, ao afago

suavíssimo da brisa,

numa indolência tranquila

que a paz da vida bendiz.

Nos lagos azuis do Sonho,

quem vive assim — é feliz…

Em: Poesia brasileira para a infância, coletadas por Cassiano Nunes e Mário da Silva Brito, São Paulo, Saraiva: 1968 — Coleção Henriqueta.

Manoel Moreyra nasceu em Arouca, Portugal em 23 de setembro de 1904, tendo vindo muito criança para o Brasil.   Considerava-se braisleiro.  Sua mãe, viúva,, trabalhadora infatigável , não pode, infelizmente financiar-lhe os estudos.  Menino ainda Moreyra  ingressou na Inglêsa, (S.P.R.) em Santos, como empregado.  Publicou seu primeiro livro de versos,  Rosas do meu sonho, na década de 1920.   Sua poesia é simples, clara, natural.  Sempre exigiu seu nome soletrado com Y.  Viveu em Santos, colaborando para o tradicional jornal santista, A Tribuna.  [ Informações do livro mencionado acima]








%d blogueiros gostam disto: