Dinossauros reconheciam companheiros pela voz

31 10 2008
Lambeossauro, foto The New York Times

Lambeossauro, foto The New York Times

 

Os lambeossauros – dinossauros com bicos semelhantes aos dos patos viveram entre 85 milhões e 65 milhões de anos atrás, no que chamamos de Período Cretáceo, tardio.  Conhecidos por terem uma crista, feita de ossos, e às vezes bastante complexas, bem em cima de suas cabeças como se fossem coroas, estes dinossauros sempre atraíram a curiosidade dos estudiosos, que já imaginaram todo tipo de função para tal apêndice.    A imaginação de paleontólogos parecia não ter limites quando ainda considerava que nestas cristas  haviam longas e tortuosas passagens nasais.  Inicialmente pensou-se que fizessem parte de um sistema de refrigeração do cérebro.  Ou talvez uma maneira dos dinossauros respirarem debaixo d’água.  Talvez eles tivessem a capacidade de melhorar o faro desses animais?  

 

Recentemente, no entanto, exames de tomografia computadorizada das passagens nasais desses dinossauros sugerem que os dinossauros tinham a capacidade de reconhecer indivíduos da espécie com base apenas em suas vozes.   Cientistas de três universidades canadenses e norte-americanas criaram reconstruções digitais dos fósseis de cérebros e das cavidades das cristas de quatro espécies diferentes de lamebossaurídeos.   Chegaram à conclusão de que estas cristas ósseas  faziam com que os dinossauros pudessem reconhecer outros dinossauros de sua espécie com base apenas em suas vozes.  As vozes desses animais provavelmente mudavam à medida que eles envelheciam, assim como mudavam os tamanhos de suas cristas.

 

O estudo revelou que uma porção, em forma de tubo, no ouvido interno dos dinossauros, a que se dá o nome de cóclea, era sensível o suficiente para detectar os sons em freqüências graves que as cristas produziam.  E como as cristas cresciam com a idade, as cócleas tomavam formas diferentes, mudando muito entre cada indivíduos. 

Isto indica que as cavidades nasais podem ter sido tão únicas quanto as impressões digitais humanas.

 

“Os jovens têm apenas o começo de uma crista e passagens de ar ligeiramente expandidas”, disse Lawrence Witner, paleontologista da Universidade do Ohio que participou do estudo. “À medida que envelhecem, começam a desenvolver passagens de ar muito mais tortuosas e cristas mais altas”.

 

Como resultado, os lambeossaurídeos podem ter tido maneiras únicas de se identificarem a ponto de permitir que seus chamados fossem distinguidos por outros animais.

 

Mais informações, aqui.


Ações

Information

2 responses

23 11 2008
Lígia

Meu filho de 7 anos gosta muito de estudar os dinossauros. Ele sempre escolhe livros de Dinoussauros quando tem esta opção como presente.

Ele diz que ‘já conhece’ este dinossauro em seus livros e diz que leu que quando nasciam estes dinossauros não tinha cristas. Quando por volta de 12 anos, já possuiam uma pequena crista. O livro “Enciclopédia dos Dinossauros e da Vida Pré-Histórica”, em Associação com o museu Americano de História Natural, de Dorling Kindersley, ed. Ciranda Cultural, fonte de consulta, sugere que “são conhecidos da América do Norte e leste da Ásia, mas também são conehcidos da Europa, Ámérica do Sul e Antártica. Eles estavam entre os maiores dinossauros, mas eram presas de tiranossauros e de outros terópodes. uma antiga teoria supõe que os hadrossauros eram animais anfíbios, mas suas caudas rígidas, dedos dos póes curtos e mãos pequenas mostram que eles, provavelmente, viviam emterra. trilhas fossilizadas, montes de ossos e sítios de reprodução sugerem que eles eram animais que viviam em bando e formavam colônias de reprodução.”
Gostamos da matéria.
(Lígia e Davi).

30 06 2010
thamirys fernandes da cunha

qual é a agua que o dinossauros tomavam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: