Fábula: O lobo e o cordeiro, texto de Monteiro Lobato

5 04 2012

-

-

-

 

O lobo e o cordeiro

-

Estava o cordeiro a beber num córrego, quando apareceu um lobo esfaimado , de horrendo aspecto.

– Que desaforo é esse de turvar a água que venho beber? — disse o monstro arreganhando os dentes.  Espere, que vou castigar tamanha má-criação!…

O cordeirinho, trêmulo de medo,respondeu com inocência:

– Como posso turvar a água que o senhor vai beber se ela corre do senhor para mim?

Era verdade aquilo e o lobo atrapalhou-se com a resposta.  Mas não deu  o rabo a torcer.

– Além disso — inventou ele — sei que você andou falando mal de mim o ano passado.

– Como poderia falar mal do senhor o ano passado, se nasci este ano?

Novamente confundido pela voz da inocência, o lobo insistiu:

– Se não foi você, foi seu irmão mais velho, o que dá no mesmo.

– Como poderia ser meu irmão mais velho, se sou filho único?

O lobo furioso, vendo que com razões claras não vencia o pobrezinho, veio com uma razão de lobo faminto:

– Pois se não foi seu irmão, foi seu pai ou seu avô!

E — nhoc! — sangrou-o no pescoço.

-

-

Contra a força não há argumentos.

-

-

Em: Fábulas, Monteiro Lobato, São Paulo, Ed. Brasiliense:1966, 20ª edição.

-

-

José Bento Monteiro Lobato, (Taubaté, SP, 1882 – 1948).  Escritor, contista; dedicou-se à literatura infantil. Foi um dos fundadores da Companhia Editora Nacional. Chamava-se José Renato Monteiro Lobato e alterou o nome posteriormente para José Bento.

Obras:

A Barca de Gleyre, 1944

A Caçada da Onça, 1924

A ceia dos acusados, 1936

A Chave do Tamanho, 1942

A Correspondência entre Monteiro Lobato e Lima Barreto, 1955

A Epopéia Americana, 1940

A Menina do Narizinho Arrebitado, 1924

Alice no País do Espelho, 1933

América, 1932

Aritmética da Emília, 1935

As caçadas de Pedrinho, 1933

Aventuras de Hans Staden, 1927

Caçada da Onça, 1925

Cidades Mortas, 1919

Contos Leves, 1935

Contos Pesados, 1940

Conversa entre Amigos, 1986

D. Quixote das crianças, 1936

Emília no País da Gramática, 1934

Escândalo do Petróleo, 1936

Fábulas, 1922

Fábulas de Narizinho, 1923

Ferro, 1931

Filosofia da vida, 1937

Formação da mentalidade, 1940

Geografia de Dona Benta, 1935

História da civilização, 1946

História da filosofia, 1935

História da literatura mundial, 1941

História das Invenções, 1935

História do Mundo para crianças, 1933

Histórias de Tia Nastácia, 1937

How Henry Ford is Regarded in Brazil, 1926

Idéias de Jeca Tatu, 1919

Jeca-Tatuzinho, 1925

Lucia, ou a Menina de Narizinho Arrebitado, 1921

Memórias de Emília, 1936

Mister Slang e o Brasil, 1927

Mundo da Lua, 1923

Na Antevéspera, 1933

Narizinho Arrebitado, 1923

Negrinha, 1920

Novas Reinações de Narizinho, 1933

O Choque das Raças ou O Presidente Negro, 1926

O Garimpeiro do Rio das Garças, 1930

O livro da jangal, 1941

O Macaco que Se Fez Homem, 1923

O Marquês de Rabicó, 1922

O Minotauro, 1939

O pequeno César, 1935

O Picapau Amarelo, 1939

O pó de pirlimpimpim, 1931

O Poço do Visconde, 1937

O presidente negro, 1926

O Saci, 1918

Onda Verde, 1923

Os Doze Trabalhos de Hércules,  1944

Os grandes pensadores, 1939

Os Negros, 1924

Prefácios e Entrevistas, 1946

Problema Vital, 1918

Reforma da Natureza, 1941

Reinações de Narizinho, 1931

Serões de Dona Benta,  1937

Urupês, 1918

Viagem ao Céu, 1932

———————————-

Esta fábula de Monteiro Lobato é uma das centenas de variações feitas através dos séculos da fábulas de Esopo, escritor grego, que viveu no século VI AC.  Suas fábulas foram reunidas e atribuídas a ele, por Demétrius em 325 AC.  Desde então tornaram-se clássicos da cultura ocidental e muitos escritores como Monteiro Lobato, re-escreveram e ficaram famosos por recriarem estas histórias, o que mostra a universalidade dos textos, das emoções descritas e da moral neles exemplificada.  Entre os mais famosos escritores que recriaram as Fábulas de Esopo estão Fedro e La Fontaine.

——————————

-

-


Ações

Informação

27 respostas

26 04 2012
anna carla

sim o lobo comeu o cordeiro mais o lobo tem que receber uma pena, e qual seria?

26 04 2012
peregrinacultural

Indigestão?

23 10 2012
maria eduarda

sim

23 10 2012
maria eduarda

AUHSAUSHUASHAUSHAUSHA COITADINHO DO CORDEIRO GENTE ELE É
MUITO FRÁGIL UAHUAHAUSHAUS

23 10 2012
peregrinacultural

;)

13 02 2013
brenda

minha professora falou para eu escrever o texto 3 vezes e ainda estou começando a estudar o 6º ano

13 02 2013
peregrinacultural

Brenda, sua professora está correta! Escrever o texto diversas vezes ajudará você a melhorar a sua escrita. Parabéns por ter uma professora que gosta tanto de você, que se importa com o seu futuro! :)

21 02 2013
flaviana

minha professora falou pra nós fazermos um resumo dessa fabula!!

21 02 2013
peregrinacultural

Flaviana, que bom que sua professora passou esse dever para você. Mostra que ela é uma boa professora. Fazendo o resumo você também mostra que é uma boa aluna. :)

21 08 2013
Hellen

e verdade vamos mostrar o nosso futuro para melhor bem melhor

21 08 2013
peregrinacultural

Boa ideia! :)

23 04 2013
camila

adorei

24 04 2013
peregrinacultural

Que bom! ;)

20 05 2013
maria maria

esse lobo eh uma peste, eu torcendo pro cordeirinho contra a força não há argumento mesmo

21 05 2013
peregrinacultural

;)

18 06 2013
Madalena inácio

A historia é bonita, gostei muito.

18 06 2013
peregrinacultural

Que bom! Volte sempre! :)

30 06 2013
gaby

e legal d+ muito bom

17 09 2013
Luciano

Se eu trocar “cordeiro” por cidadão e “lobo” por governo, estarei na floresta da ditadura?

17 09 2013
peregrinacultural

Acho que sim, Luciano! ;)

22 09 2013
Isadora

Quando a fábula foi criada?

22 09 2013
peregrinacultural

Isadora a fábula é do tempo da Grécia antiga, centenas de anos anteriores à nossa era. As fábulas foram criadas por Esopo. Ele era grego. Mas desde então há escritores que re-escrevem as fábulas de Esopo, às vezes até fazendo-as mais interessantes — sem mudar a moral. E há outros escritores que inventam fábulas. Dentre os mais conhecidos nossos aqui no Brasil, fora Esopo há o francês La Fontaine e o brasieiro Monteiro Lobato.

5 12 2013
vitoria evelyn

amei este saite sempre irei visitar ok

28 01 2014
kamila

legal ta de parabéns ta

28 01 2014
kamila

kamila fiz um trabanho muito legal responde

28 01 2014
peregrinacultural

Estou respondendo… Parabéns pelo bom trabalho. Volte sempre é um prazer ter você por aqui. :D

28 01 2014
peregrinacultural

obrigada! ;)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.836 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: